Blogue de informação e reflexão sobre temas ambientais. Desde Janeiro 2004, porque só os peixes mortos seguem com a corrente.
blogs SAPO
subscrever feeds
PATRIMÓNIO
BLOGUES
Quarta-feira, 6 de Maio de 2009
Bico calado
  • Carta a Sócrates, por Gonçalo Rosa, in Ambio 5Maio2009.
  • As dúvidas no caso Cova da Beira (video). TVI24 .
  • Tribunal de Contas arquiva multa a presidentes de câmaras da Lezíria do Tejo (Alpiarça, Almeirim, Benavente, Chamusca, Golegã, Salvaterra de Magos e Coruche) processados em 2008 por terem assinado a escritura de constituição da empresa intermunicipal Águas do Ribatejo sem a terem submetido a visto prévio do Tribunal de Contas. O Mirante 5Maio2009.
  • A fábrica anunciada por três ministros e que nunca saiu do papel. Público 5Maio2009.
Publicado por OLima às 00:41
Link da posta | Comentar
partilhar
Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008
Mão pesada
Publicado por OLima às 01:00
Link da posta | Comentar
partilhar
Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008
Baixa diversidade genética das aves aumenta a sua vulnerabilidade
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Terça-feira, 16 de Setembro de 2008
Mafia napolitana controla padarias clandestinas
  • Na Turquia, 4 activistas da Greenpeace foram detidos após terem bloqueado durante 11 horas a plataforma de cargas de carvão da central de Sugozo em protesto contra o elevado volume de emissões produzido pela central.
  • Não satisfeita em controlar a droga, a construção e a recolha do lixo em Nápoles, a Máfia controla a produção do pão local através de 1.400 padarias clandestinas. Para além do recurso a mão de obra imigrante  muito barata e a ex prisioneiros, as padarias operam em locais nada higiénicos e estão a envenenar lentamente os consumidores porque o pão é cozido com lenha contaminada.
  • A Irlanda não está a cumprir as normas europeias de tratamento de esgotos em 6 zonas urbanas e poderá ser obrigada a pagar multa pesada.
  • O ministro francês do Ambiente anunciou planos para o lançamento da “taxa do piquenique” sobre pratos e talheres de papel e plástico utilizados em piqueniques e festas do género.
  • O ministro australiano dos Negócios Estrangeiros negou que a China esteja a pressionar a Austrália para não fornecer urânio à China, rival da Índia.
  • Os Friends of the Earth denunciam o impacto dos biocombustíveis na América Latina em relatório intitulado "O combustível da destruição da América Latina". Os seus autores acusam os biocombustíveis de exacerbarem a concentração da propriedade da terra, além de incentivarem a explosão dos preços agrícolas e a deterioração do ambiente. “Todos os países analisados aumentaram, ou planeiam aumentar a sua produção de biocombustíveis para níveis preocupantes.  Para tanto, eles lançam mão de programas de subsídios, de isenção de taxas, tudo políticas que sempre são muito atractivas para os investidores", aponta o relatório, que lamenta as consequências em termos de desflorestação e de poluição relacionada com a utilização crescente de pesticidas e de adubos.
  • “Um especialista em gripe das aves disse que a taxa de mortalidade de uma pessoa infectada pelo vírus da doença é de 60%, que caso se mantenha quando começar a pandemia provocará o fim da humanidade.”RTP. Viram? Cá está o dedinho do terror previsto recentemente.
  • A poluição atmosférica, causada pela queima de combustíveis fósseis, mata 24 mil pessoas por ano na Califórnia, de acordo com os números mais recentes do California Air Resources Board. Ecodebate.
Publicado por OLima às 01:35
Link da posta | Comentar
partilhar
Sábado, 13 de Setembro de 2008
Tamiflu, que futuro?

Portugal e a Europa terão de decidir o que fazer com os 2,5 milhões de tratamentos de oseltamivir, vulgo Tamiflu, adquiridos em 2006 para combater uma pandemia da gripe das aves.
Baseado nas memórias do Ondas3, recordo o
lançamento do projecto, a cargo do laboratório português Medinfar, feito com toda a pompa e circunstância na presença dos ministros da Ciência, Mariano Gago, Saúde, Correia de Campos, e da Economia, Manuel Pinho.

Lembro-me de toda a histeria mediática à volta do assunto e de, após ter analisado várias fontes, ter-me interrogado por que razão tanta gente responsabilizava as aves selvagens pela proliferação da gripe das aves.
Lembro-me também da campanha do
registo obrigatório de aves domésticas, de um estudo ter apurado que, afinal, o virus era obra do homem e de a gripe das aves ter ganho não só agenda e santo mas ainda uma agenda muito complexa.
Em Maio de 2006 o
NY Times garantia que as aves migratórias não transportavam o vírus.
Entretanto, os
portugueses só declaravam 30% das aves que tinham, ro que provavelmente terá levado o ministro da agricultura Jaime Silva a dilatar o prazo de declaração de existência de aves de capoeira.
E durante algum tempo o tema eclipsou-se. Passados alguns meses, em Fevereiro de 2007, eis que
os media voltavam a alvoroçar-se com a morte de cerca de 3.000 perus em Inglaterra.
E, talvez porque houvesse cada vez mais provas de que
a gripe das aves estava ligada ao comércio global de galináceos, o projecto da fábrica de vacinas anti gripe prevista para Condeixa deixava de se justificar e caía.
Não me venham dizer que daqui a dias vamos começar a ser novamente bombardeados por notícias de sequestro e abate de aves vítimas do famigerado vírus. Não me venham com uma campanha de actualização da população galinácea e quejandos nas capoeiras que pululam de norte a sul do país. Poupem-nos. É que o filme já passou em tudo quanto é sítio e já deu o que tinha a dar.

Publicado por OLima às 00:17
Link da posta | Comentar | Ver comentários (4)
partilhar
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2007
Barragens privadas
  • Em Alenquer, a empresa Pragosa, autorizada pela Câmara a fazer movimentações de terras numa área de cinco hectares, ultrapassou em mais do dobro o permitido, construindo um aterro ilegal com 30 metros de altura ao longo de um vale e quer agora obter o licenciamento da obra. Apesar de a situação ter sido denunciada e os trabalhos embargados, ocorrem ainda descargas de terras e desperdícios de pedreiras. O presidente da junta de freguesia de Triana, Vítor Ronca, lamenta que "as pessoas já pensam que a empresa é dona de tudo. Há uma antiga fonte que está sujeita a ser enterrada e a mesma empresa também já desviou uma estrada que dá acesso ao local. Tentámos na altura impedir o desvio da estrada mas a Câmara autorizou e a junta de freguesia nada pôde fazer".
  • A anunciada fábrica de vacinas antigripais e anti gripe das aves, prevista para Condeixa, já não vai ser construída. Quando em Janeiro de 2006, no auge da paranóia mediática à volta da gripe das aves, três ministros marcaram presença na cerimónia em que foi assinado o Memorando de Entendimento entre a Medinfar e a Agência Portuguesa para o Investimento, prevendo que em 2007 se iniciasse a produção das vacinas e a vacina para a gripe das aves, em caso de pandemia. Segundo a Medinfar, os motivos prendem-se com o vazio científico, regulamentar e de consistência necessária à prossecução do projecto.  Em comentário a posta de 26 de Janeiro de 2006, escrevi no Ondas3: "Foi notório e notável o protagonismo assumido por Correia de Campos em toda esta operação. Perante tanta garantia, tanta certeza, tanta segurança, tanta sagacidade, só nos resta aguardar, confiantes, a chegada da famigerada gripe. Certamente não haverá gripe que resista a tanta garantia, certeza, segurança, sagacidade, eficácia e oportunidade. Bendito país que tão previdente gente tem." Cerca de dois anos depois, parece que a história, ironicamente, veio dar-me razão. Pura e simplesmente porque toda esta estória sempre me soou muito mal contada. Se quiserem comprovar e tiverem paciência, confiram aqui nestas 21 referências: (1), (2), (3), (4), (5), (6), (7), (8), (9), (10), (11), (12), (13), (14), (15), (16), (17), (18), (19), (20), (21),
  • O Governo de Sócrates quer privatizar as barragens e a maioria da Rede Eléctrica Nacional, acusa o líder do BE Francisco Louçã. "O presidente da REN assinou um protocolo com a espanhola Enagás, para lhe entregar 5% da REN, e o administrador da REN, Luís Serna, além de presidente do conselho de administração da rede eléctrica espanhola é também administrador da Rede Eléctrica Internacional S.A. unipessoal e é também Manuel Champalimaud, com 5%, ou a família Oliveira, com 5%", acrescentou. Sócrates admitiu tratar-se de uma concessão a privados durante um período de tempo, que pagarão uma renda ao Estado.
Ambiente
Publicado por OLima às 00:11
Link da posta | Comentar
partilhar
Sábado, 5 de Maio de 2007
Memórias curtas
  • 4.5.2006 – Persiste a paranóia da gripe das aves, com obrigatoriedade de recenseamento das capoeiras domésticas.
  • 5.5.2005 – A seca étema de debate no Parlamento.
  • 1.5.2005 – O Partido da Terra defende, segundo o JN, a demissão do Secretário de Estado do Ambiente por ter decidido não sujeitar o túnel do Marquês a um estudo de impacte ambiental.
Ambiente
Publicado por OLima às 00:15
Link da posta | Comentar
partilhar
Quarta-feira, 18 de Abril de 2007
Preso por defender despoluição de lago

A Venezuela vai importar etanol do Brasil. Hugo Chavez diz que o etanol será uma estratégia válida na condição de não afectar a alimentação.


Na Suiça, a Mesa Redonda sobre Biocombustíveis Sustentáveis reúne lideranças de empresas, governos e sociedade civil para discutir princípios para a produção e uso sustentável de biocombustíveis.


A vacina contra a gripe das aves foi aprovada pela Agência para a Alimentação e Medicamentos dos EUA.

Já há gente a afiar as garras…

 

Wu Lihong foi preso por lutar pela despoluição do lago Taihu e de falar sobre isso a media estrangeiros.


O Los Angeles Times venceu o prémio Pulitzer por série sobre a poluição dos mares intitulada Altered Oceans.


Ambiente
Publicado por OLima às 00:28
Link da posta | Comentar
partilhar
Quinta-feira, 29 de Março de 2007
Memórias curtas

29.3.2006: ainda se lembram desta paranóia?

Ambiente
Publicado por OLima às 00:27
Link da posta | Comentar
partilhar
Quinta-feira, 15 de Março de 2007
Já recomeçou a campanha do medo?



Gripe das aves: já recomeçou a campanha do medo?


A Monsanto veio refutar as provas científicas (sobre o impacto negativo do milho transgénico MON 863 sobre os rins e fígados de ratos de laboratório) divulgadas pela Plataforma Transgénicos Fora do Prato. Um especialista veio também dizer que tudo não passa de uma mentira requentada destinada a assustar a opinião pública.
É interessante ver que o tema referido pelo Ondas há um mês continua a dar que falar. A Monsanto e os amigos dos transgénicos só não conseguem justificar todo o secretismo dos seus testes e relatórios, aliás denunciados num vídeo clip francês que esteve disponível aqui e que, subitamente, desapareceu. Mas quem o quiser ver e guardar, pode fazê-lo aqui. Não o disponibilizo no Ondas para não desformatar o template do blogue.

 

Os produtores domésticos de energia solar vão poder receber pela venda à rede do excedente de energia eléctrica produzida pelos seus equipamentos.


A EDP é mesmo arrogante.


Portugal já plantou árvores no âmbito de campanha internacional lançada pela prémio Nobel queniana Wangari Maathai e apadrinhada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente. Foram poucas mas já foi detectado e corrigido um erro de contagem.


Autarcas terão guia para aplicar projectos sustentáveis a nível local.

Ambiente
Publicado por OLima às 00:51
Link da posta | Comentar
partilhar
Sábado, 10 de Março de 2007
Memórias curtas

9.3.2006: governo português torna obrigatório o registo de aves domésticas.
10.3.2005: Quercus e Deco apelam à poupança de água.
10.3.2005: fica-se a saber que o governo de Santana Lopes viabilizara projecto da Portucale
em zona de montado nas vésperas das legislativas de 20 de Fevereiro.

Ambiente
Publicado por OLima às 00:01
Link da posta | Comentar | Ver comentários (1)
partilhar
Quarta-feira, 7 de Março de 2007
Febre do biodiesel vem aí. E isso é bom?

A corrida ao biodiesel a preços de promoção provocou engarrafamentos nos acessos e saídas da auto-estrada Santander-Torrelavega e esgotou o produto nos 16 postos que o abasteciam no passado fim-de-semana na Cantábria.
Entretanto, a Venezuela e Cuba estabeleceram um plano de produção de etanol a partir da cana do açúcar.
E o Brasil anunciou que vai implantar uma fábrica de álcool e açúcar por mês até 2012 para produção de etanol
Este mega projecto deve fazer parte de um pacote a ser assinado entre Lula e Bush, que visita o Brasil na 5ª feira. Espera-se que desta cimeira saia uma espécie de OPEC para o etanol, uma imitação do cartel dos produtores de petróleo. Porém, cada vez mais economistas, cientistas e ambientalistas avisam que esta revolução verde tem um lado negro: a eventual destruição da savana, das florestas atlântica e amazónica e a poluição persistente. “Algumas das plantações de cana são do tamanho de estados europeus, e estas enormes monoculturas destruíram importantes ecossistemas. Para colher a cana é preciso queimar a plantação. Estão a imaginar? É melhor parar e pensar” diz Fabio Feldman, ex membro do Congresso brasileiro que votou favoravelmente a lei que autoriza a mistura de 23% de etanol nos combustíveis derivados do petróleo no país. O próprio Achim Steiner, do UNEP, já avisou que o etanol e outros biocombustíveis podem ser uma ameaça séria para a floresta amazónica se não se colocarem salvaguardas.


No Illinois, as Finanças estão a tentar aplicar coimas a indivíduos que usam óleo de frituras como combustível dos seus carros. Alegam que não possuem licença de fornecedor nem de receptor. As vítimas das ameaças não se consideram nem uma coisa nem outra porque, segundo a própria página das Finanças daquele estado, só é fornecedor quem tiver em depósito 30.000 galões de óleo, quantidade que eles nunca tiveram nem terão. Também não são receptores porque não produzem, não distribuem nem o transportam. Um deles ironiza por que razão os carros híbridos não são taxados pela porção de viagem que fazem com energia eléctrica.


Em Inglaterra, a aplicação enviesada de uma lei dá todos os poderes à RWE npower, proprietária da central a carvão de Didcot, de proibir qualquer tipo de acesso às zonas anexas à central e que incluem o lago Thrupp. A empresa quer vazar o lago para o encher de resíduos da produção do carvão, projecto que já mereceu diversas protestos. A última arma que a empresa usa e abusa é uma cláusula legal que consegue mandar para a cadeia pessoas que tirem fotografias às instalações com base nas afirmações dos guardas que alegam ter sido assediados ou ameaçados por curiosos. Para além de suspeitar que esses guardas são maricas, - porque apesar de terem sido ex militares e aparecerem em fotografias em fato anti motim se dizem ameaçados por pacíficos cidadãos -, Monbiot lamenta que uma lei feita para prevenir a intimidação esteja a servir para intimidar e sugere que a culpa desta situação é o número excessivo de advogados que, uma vez envolvidos na política e nos partidos, parecem nada mais fazer do que elaborar leis que lhes dão cada vez mais poderes.


61% dos europeus querem reduzir a produção e consumo de energia nuclear por questões de segurança, diz uma sondagem do Eurobarómetro.


Na Gran Canária, a esmagadora maioria dos habitantes manifestou-se contra o aumento do número de hotéis.


No Japão, a morte de 12 crianças e o comportamento anormal de 32 pessoas após a ingestão de Tamiflu fez o ministério da Saúde lançar um alerta acerca dos efeitos secundários daquela vacina contra a gripe das aves.

Ambiente
Publicado por OLima às 00:44
Link da posta | Comentar
partilhar
Sexta-feira, 2 de Março de 2007
Bernard Matthews indemnizado

Bernard Matthews vai ser indemnizado pelo abate de 150.000 perus contaminados pela gripe das aves nas suas capoeiras industriais de Great Witchingham, em Norfolk, e Holton, em Suffolk. O liberal democrata Chris Huhne já vei criticar a medida. Tendo em conta as falhas de biosegurança detectadas nas quintas de Matthwes seria lógico o governo aplicar-lhe multas e não apaparicá-lo com indimnizações.

 

No Reino Unido, 36 das principais construtoras civis lançaram o UK Green Building Council tendo por objectivo "carbono zero, água zero e resíduos zero.

 

Em Angola, foi proposta a criação de um Fundo Nacional do Ambiente para o desenvolvimento de estratégias e planos para a protecção ambiental e promoção do desenvolvimento sustentável.


Nos EUA, um derrame de cumene, um químico tóxico, está a afectar as margens do rio Ohio entre o Illinois e o Kentucky.


Na Austrália, vai entrar em funcionamento uma estação de energia de ondas que vai fornecer electricidade e água potável a 500 famílias de Wollongong, a sul de Sydney. Este é o protótipo de mais 10 estações previstas para Portland, no sul da Austrália. Espanha, Hawaii, África do Sul, México, Chile e EUA já mostraram interesse.

Ambiente
Publicado por OLima às 00:05
Link da posta | Comentar
partilhar
Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2007
A gripe das aves está ligada ao comércio global de galináceos

A gripe das aves está ligada ao comércio global de galináceos. As aves selvagens migradoras já não são as culpadas dos surtos de gripe. É o próprio Samuel Jutzi, director da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação. Tony Forman salienta que os últimos surtos de gripe das aves ocorridos no Egipto e na Nigéria foram provocados pela importação ilegal de aves de capoeira, um negócio muito globalizado e de monitorização muito difícil.
Nunca será demais repetir o que já se dizia o ano passado: as aves selvagens migradoras não são as culpadas dos surtos de gripe como alguns cientistas e muitos políticos e fazedores de opinião queriam fazer crer. Já em posta de 19 de Fevereiro de 2006 se fazia aqui a desmontagem da responsabilidade exclusiva das aves selvagens na propagação do vírus da gripe. Depois, em Maio de 2006, o New York Times, citando fontes mais que credenciadas, corroborava Leon Bennun, apontando o dedo às causas da gripe aviaria: comércio ilegal de aves, ausência de práticas higiénicas, industriais superlotadas e ausência de diversidade. Até Earl Brown, virólogo da Universidade de Ottawa, garante que sempre houve vírus nas capoeiras, mas que só depois da modernização e industrialização das capoeiras em grande escala é que o dito vírus evoluíra para formas muito mais agressivas e letais.
A propósito, ainda se lembram da histeria mediática do ano passado? O povo é sereno, como dizia o outro.

Ambiente
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar | Ver comentários (1)
partilhar
Segunda-feira, 12 de Fevereiro de 2007
Escândalo no caso da gripe aviaria em Suffolk

No Reino Unido, três dias depois de ter sido confirmado o surto de gripe aviaria nas capoeiras de Bernard Matthews em Suffolk, a empresa recebeu um carregamento de 20 toneladas de peru de um matadouro húngaro a cerca de 50km da zona afectada por gripe das aves. As autoridades sanitárias sabiam com antecedência que a empresa ia importar essa carne e nada fizeram para o impedir. Um porta-voz do ministério da agricultura veio dizer que não proibiu essa importação por recear retaliações contra exportações britânicas.
Com que então a culpa era de uma ave selvagem. A quem serve a mentira?

 

A primeira sucata automóvel do futuro abriu em França.


A Eslováquia está a processar a Comissão Europeia por ter sido obrigada a reduzir as suas emissões de dióxido de carbono em 25% durante o período compreendido entre 2008 e 2012. Alega-se que o corte estrangula o crescimento económico de um dos países mais pobres da União Europeia.


Há uma conspiração velada para transferir a sede da UNEP de Nairobi para Bona, diz o embaixador queniano naquele organismo. Segundo o Dr Andrew Kiptoon, o plano liderado pela França poderá representar prejuízos ao Quénia na ordem dos 360 milhões de dólares anuais, uma vez que as actividades geradas pela UNEP representam valores monetários importantes, logo a seguir aos do turismo e da horticultura.


O negócio do carbono não reduziu o risco de aquecimento global, diz Veronique Bugnion, directora de investigação no PointCarbon.


Na China, a agência para as florestas assinou com a PetroChina um acordo para investir em terras com vista à produção de culturas para biocombustíveis nas províncias de Yunnan e Sichuan.


Áreas industriais na China, México, Filipinas e Tailândia, responsáveis pela fabricação de componentes de aparelhos da IBM, HP, Sony e Sanyo, estão a causar sérios problemas em rios e águas subterrâneas, diz um relatório da Greenpeace intitulado “Contaminação de ponta: um estudo da contaminação ambiental pela fabricação de produtos eletrônicos”.


O Estado de New Jersey está a processar o ministério do Ambiente dos EUA por não ter dado seguimento a uma petição contra o licenciamento da central a carvão de Portland Generating Station na Pennsylvania.

Ambiente
Publicado por OLima às 00:12
Link da posta | Comentar | Ver comentários (2)
partilhar
Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007
Promotores do nuclear querem enganar os portugueses


Espinho, Rua 32. Este passeio é obra directa da autarquia local. Como tal, todos pensam, - os factos não os contradizem -, que é para se ir fazendo nas calmas. Pensando juntar o útil ao agradável, gente há que se tem desembaraçado de algum entulho, despejando-o no passeio, como quem diz recicla-te. Eis senão quando aparece este aviso oficial. E julgam que o pessoal o acata? Não, que esta é terra de vareiros, de gente que faz peito ao mar e a muita outra coisa.

 

A promessa de que o município que acolher o projecto de uma central nuclear vai receber 100 milhões de euros em receitas fiscais por ano foi recebida com críticas e desconfiança por responsáveis do sector energético. José Penedos, presidente da Rede Eléctrica Nacional, diz que as afirmações de Sampaio Nunes foi feita com base numa lei que não existe, pois dificilmente haveria um só município com direito a receber receitas. A Associação Nacional dos Municípios diz nunca ter sido consultada e garante desconhecer que municípios foram auscultados.
Parece que os promotores do nuclear estão a dar razão às desconfianças que expressei em posta anterior. Não é por acaso que se assiste a esta súbita visibilidade, avalanche de encontros e de tomadas de posição dourando o universo do nuclear. É que Al Gore chegou a Portugal e há que fabricar uma barragem informativa que reduza o impacte de algumas verdades inconvenientes. A este propósito, o Raim fez um cartoon muito giro.


Gripe das aves pode afectar milhões em Portugal.
Ora cá está ela, a fabricação do medo. Como já disse aqui, não será de estranhar nova etapa na promoção da dita. Há que fomentar o medo, promover o negócio da vacina e distrair o pagode de questões muito mais sérias e substanciais que afligem a Natureza e o Ambiente.

 

Em Esposende, só durante Janeiro, foram recolhidas 15 toneladas de resíduos do areal das praias do concelho.


Em Leça da Palmeira, a chuva da noite de 4ª feira fez transbordar os reservatórios da ETAR da refinaria da Petrogal, despejando efluentes não tratados para a praia do Aterro.


A ETAR de Alcanena está a laborar praticamente no limite da capacidade, carecendo de investimentos que melhorem a qualidade do tratamento, dizem os técnicos.

Ambiente
Publicado por OLima às 00:27
Link da posta | Comentar | Ver comentários (4)
partilhar
Domingo, 4 de Fevereiro de 2007
Gripe das aves mata 2.600 perus no Reino Unido

No Reino Unido, a gripe das aves matou 2.600 perus em quinta de Suffolk. Ora aqui está dado o tom para uma segunda vaga de paranóia. Mas descansem, que longe vão os tempos em que Portugal não estava preparado. Agora, sim, consta que Portugal está muito bem preparado para enfrentar esta nova vaga, apesar de nunca mais se ter ouvido falar da anunciada construção de uma fábrica para produzir a vacina contra a famigerada gripe. Tudo leva a crer que vamos rever o filme do ano passado. Que mais não sirva para lançar mais uma cortina de fumo para nos distrair das conclusões do relatório de Paris.

 

Relatório do IPPC – rescaldos 2. Os jornais chineses remeteram para as suas páginas interiores pequenas referências às conclusões do relatório, e o primeiro-ministro australiano aproveitou para promover a energia nuclear como solução para o cenário pessimista desenhado pelo IPPC.


Na Antártida, o combustível de um navio de cruzeiro norueguês atingiu a costa da Deception Island após ter naufragado.

Ambiente
Publicado por OLima às 00:21
Link da posta | Comentar | Ver comentários (2)
partilhar
Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2007
Zapatero afasta nuclear e aproxima-se das renováveis

Ambiente
Publicado por OLima às 00:16
Link da posta | Comentar
partilhar
Segunda-feira, 6 de Novembro de 2006
Nacionais

Ambiente
TÓPICOS:
Publicado por OLima às 00:06
Link da posta | Comentar
partilhar
Sábado, 30 de Setembro de 2006
Nacionais
  1. Aprovação de planos municipais será descentralizada para as autarquias, dispensando a ratificação do Conselho de Ministros. 
  2. Tonelada de pneus abandonada há dois meses no pinhal de Bela Mandil em Olhão. 
  3. Director-Geral de Veterinária admite proibição da venda de aves vivas. Como já acabou a campanha dos fogos florestais, dos ciclones, dos terrorismos, voltamos à vaca fria.
Ambiente
Publicado por OLima às 00:12
Link da posta | Comentar
partilhar
Pesquisar neste blog