Blogue de informação e reflexão sobre temas ambientais. Desde Janeiro 2004, porque só os peixes mortos seguem com a corrente.
blogs SAPO
subscrever feeds
PATRIMÓNIO
BLOGUES
Terça-feira, 12 de Junho de 2007
10 de Junho, dia de Portugal, de…. e de muitos discursos

Rio Minho, entre Valença e Tui.

 

A Câmara de Ovar preparou um percurso pedestre para afastar prostitutas da Estrada da Mata entre Esmoriz e o Furadouro. Quem não gostou da ideia foi o Clube de Caça e Pesca, que não foi ouvido, e diz-se preocupado com parte do trilho que fica no enfiamento do campo de tiro.

É fácil desmontar este episódio de tentativa de esverdeamento de toda uma série de atitudes tudo menos ecológicas por parte desta autarquia vareira. (1) Esta é a mesma autarquia que recusa fechar ao trânsito automóvel, pelo menos nas manhãs de Sábado e Domingo, a estrada da mata entre Esmoriz e Furadouro para promover actividades físicas como o pedestrianismo e o cicloturismo sem ruído (2) Esta é a mesma autarquia que promoveu a implantação do Dolce Vita com consequente abate de significativa área florestal (3) Esta é a mesma autarquia que há três anos manda fechar com dique de areia a saída da Barrinha de Esmnoriz/Lagoa de Paramos, obrigando à retenção de efluentes contaminados provenientes de Santa Maria da Feira, tudo para manter as suas praias menos sujas, borrifando-se nas consequências que a freguesia vizinha, Paramos, tenha por causa disso. (4) São o PS e o PSD locais que por mais de uma vez disseram (e os media locais registaram) que querem acabar com a base aérea de Maceda porque dizem que é um estorvo ao desenvolvimento local, escamoteando o facto de que ela é a garantia da manutenção de uma interessante área florestal. Quem julga a autarquia de Ovar baralhar e iludir?

 

Esmoriz pode ser muito bonita aqui à noite. Mas mais a norte deste sítio muito bem registado por esta linda fotografia, há a Barrinha. Em tempos, era local aprazível, muito disputado para piqueniques, passeios de barco e promessas de amor eterno. Agora é sítio cuja visita se recomenda de nariz tapado tal é o cheirete que tresanda a toda a hora. A pestilência é acentuada quando a Câmara de Ovar e a CCDRC mandam fazer um dique de areia para impedir que a trampa acumulada saia e, por força das correntes dominantes, siga para sul e atinja as praias de Esmoriz, Cortegaça Maceda e Furadouro.

Mas há, felizmente, gente que não anda de braços caídos. Enquanto (des)espera pela construção de ETARs que tratem dos esgotos de Santa Maria da Feira que vêm desaguar aqui, vai contra o marasmo e o pântano do paleio para a fotografia. 10 cidadãos de Esmoriz e de Espinho recolheram 700kg de lixo na margem esquerda daquela Barrinha. Tudo na manhã de Domingo, 10 de Junho, dia de Portugal, de…. e de muitos discursos.

 

A Junta de Freguesia da Lomba, em Gondomar, vai organizar um protesto popular contra a retirada dos equipamentos de apoio existentes no areal junto ao rio Douro, ordenada pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN) devido à descoberta de salmonelas na água em análises efectuadas em 2004.

 

A Associação dos Amigos do Rio Ovelha acusa suiniculturas de terem, no passado dia 22 de Abril, efectuado a descarga poluidora que originou a degradação daquele rio, situado no Baixo Tâmega, e da qualidade de vida das populações que dele usufruem. Por isso, Os Verdes requereram ao ministério do Ambiente informação sobre o ocorrido, o número de suiniculturas ou outras unidades industriais produtoras de efluentes identificadas nas margens ou proximidades, e o número de processos administrativos de contra-ordenação a decorrer na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte. Além disso, pretendem saber quantos deram origem a sanções nos últimos cinco anos.


A Quercus e o Geota apresentaram no Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa uma providência cautelar pedindo a suspensão de eficácia do Despacho Conjunto n.º 165/2006 de 9 de Fevereiro que reconhece a ausência de alternativas e razões imperativas de interesse público para o projecto turístico-imobiliário Costa Terra e Herdade do Pinheirinho, em Grândola.

Ambiente
Publicado por OLima às 01:13
Link da posta | Comentar
partilhar
Pesquisar neste blog