Blogue de informação e reflexão sobre temas ambientais. Desde Janeiro 2004, porque só os peixes mortos seguem com a corrente.
blogs SAPO
subscrever feeds
PATRIMÓNIO
BLOGUES
Quinta-feira, 3 de Maio de 2007
Papelada de Assembleia representa 5 árvores

Barrinha de Esmoriz-Lagoa de Paramos. Parte do dique fusível foi destruída pelas marés vivas do fim-de-semana passado. Reparem nos dormentes (ou chulipas) caídos. A natureza como que a dizer a autarcas, engenheiros e burocratas: deixem-me em paz, não brinquem comigo.

 

A última sessão da Assembleia Municipal de Leiria implicou o abate de cinco árvores. Tudo por causa do maço de 576 folhas de documentação de apoio distribuída a cada um dos 30 vogais, num total de 70 mil fotocópias, 70 resmas de papel, 200kg.

José Cunha (PS), presidente da Junta de Freguesia da Barreira, sugeriu a substituição do papel pelo suporte digital. Esqueceu-se de que é preciso energia para pôr o computador a trabalhar, para não falar da energia e dos recursos necessários para o fabricar e levar à mesa de cada um dos vogais. E não falou das longas horas de cera durante as quais alguns vogais se entretêm e entretêm os outros em múltiplos pedidos de esclarecimentos, requerimentos, pontos de ordem, defesa da honra e quejandos, tantas vezes despoletados por questiúnculas marginais e alheias à agenda de trabalhos. A tragédia é que a Assembleia Municipal de Leiria não é caso único. Por isso, nunca digam que os incêndios são os únicos inimigos das nossas florestas.

 

A Inspecção-Geral da Administração do Território (IGAT) propôs a dissolução da Câmara Municipal do Bombarral por alegada violação do Plano Director Municipal, num processo de legalização de uma habitação construída numa zona classificada como agro-florestal.

E os outros?


O priolo, uma ave açoriana ameaçada de extinção, é tema de uma exposição de fotografias inaugurada hoje na sede do Parlamento Europeu, numa iniciativa promovida pelo eurodeputado socialista Paulo Casaca. Com uma população inferior a 400 aves residente na Serra da Tronqueira, na ilha açoriana de São Miguel, o priolo (Pyrrhula murina) é uma das aves mais raras e ameaçadas a nível mundial.

Desconfio que esta acção vem mesmo a calhar: esverdeia os dados de um relatório que acusa as andanças do Parlamento Europeu de queimar 20.000 toneladas de carbono anualmente.

 

Sócrates reciclado em Olhão.

 

A Associação de Professores de Filosofia promove uma Jornada de Reflexão Ambiental. Intitulada Rio Acima, trata-se de uma viagem de barco no dia 30 de Junho, com partida do Cais da Ribeira, subida à Régua e regresso de autocarro ao Porto.

Os tópicos da agenda de reflexão constam da ementa, com direito a pequeno-almoço, almoço e cálice de vinho do Porto. Depois não se queixem da ministra.

Ambiente
Publicado por OLima às 00:24
Link da posta
partilhar
De MC a 3 de Maio de 2007 às 10:01
Acho muito boa a iniciativa de desmaterializar as reunioes da Assembleia Munipal de Leiria. Os computadores gastam energia, mas não se pode comparar o impacto ambiental de uma e outra hipótese.
Qual seria a solução então? Ditadura?
De OLima a 3 de Maio de 2007 às 22:31
1. imprimir os documentos dos dois lados de cada folha;
2. limitar a verborreia, a redundância, quer no papel quer no tempo de intervenção. Há vogais que parecem gostar mais de se ouvir a si mesmos do que irem directos ao assunto em debate.
Para já...
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres


Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.
Pesquisar neste blog