Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ondas3

Blogue de informação e reflexão sobre temas ambientais. Desde Janeiro 2004, porque só os peixes mortos seguem com a corrente.

Blogue de informação e reflexão sobre temas ambientais. Desde Janeiro 2004, porque só os peixes mortos seguem com a corrente.

Ondas3

02
Nov10

Petróleo, carvão e biocombustíveis fazem... lóbi

OLima
Foto: OLima, 27 Julho 2009. Espinho, junto ao Rio Largo. E os megafones da desgraça ainda não berravam como agora.
  • Paliçadas estão a ser colocadas na praia do Guincho para ajudar a fixar uma duna primária que defende a Quinta da Marinha e outros condomínios de luxo, um parque de campismo e estrada entre Cascais e Sintra. Público.
  • Autocarros de Oslo vão circular a metano.
  • A indústria dos biocombustíveis gastou 22 milhões de dólares a fazer lóbi sobre legisladores, revela um relatório divulgado pelos Friends of the Earth. Aqui fala-se de valores três vezes superiores gastos pelo lóbi do petróleo e do carvão sobre o Congresso norte-americano.
  • 600 pessoas foram detidas na sequência de protesto contra uma central nuclear prevista para Jaitapur, Índia. Um juíz  e um almirante encontram-se entre os detidos. Greenpeace India.
  • O Japão e o Vietname assinaram um acordo de cooperação nuclear para a construção de uma central nuclear no centro do Vietname. Reuters.
  • A maior reserva marinha acaba de ser criada no arquipélago de Chagos, no Índico. The Independent.
  • Fomos enganados. O acordo para salvar o mundo nunca aconteceu, escreve George Monbiot no Guardian. Tudo porque não há conclusões escritas e divulgadas pelos responsáveis da cimeira do Japão. Não há nada de novo em relação a um alegado rascunho de intenções publicado o mês passado. Por isso os governos podem muito bem continuar a não fazer nada. Aliás, esta situação é semelhante à da cimeira de 2002: muito paleio, muita pompa e circunstância e a montanha pariu um rato. E agora o que é preciso fazer é provar que o dinheiro que custa para lixar o planeta é menos do que o que custa para o preservar. Estamos a colocar as coisas às avessas, a ver a natureza como um plano de negócios, os cidadãos como meros consumidores, porque, na realidade, a economia depende da biosfera. Um terço dos países nem sequer enviou representantes talvez porque a cimeira não era para salvar bancos ou companhias aéreas. Quando eles se encontram para pensar sobre a colapso gradual do mundo natural eles enviam o pessoal de limpeza dos seus escritórios e adiam as medidas por mais 10 anos, enquanto os media nem reparam que eles nem sequer produziram um acordo escrito.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Raízes

Troncos

Ramos

Folhas

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D