Blogue de informação e reflexão sobre temas ambientais. Desde Janeiro 2004, porque só os peixes mortos seguem com a corrente.
blogs SAPO
subscrever feeds
PATRIMÓNIO
BLOGUES
Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010
Sucatas encerradas

Espinho, Avenida 32, junto da rotunda do monumento ao 25 de Abril e da Secundária Dr Manuel Gomes de Almeida, antiga Industrial. Ora aqui está o que há-de ser a continuação de um segmento de ciclovia interrompido 100 metros a norte deste local, onde normalmente só andam peões. Aliás nos outros segmentos de ciclovia de Espinho, sitos na rua 8 entre as ruas 19 e 23, e a rua 23 entre as ruas 8 e 20, raramente circulam bicicletas. Ao fim da tarde, o segmento de ciclovia da rua 23 é poiso preferido de viaturas. Apenas o segmento de ciclovia da rua 2, junto da esplanada da beira-mar, é devidamente utilizado. A  autarquia tem alguma ideia para fomentar a utilização da bicicleta em Espinho?

  • O Ministério do Ambiente mandou encerrar 41 sucatas por serem depósitos ilegais de carros velhos e detectou irregularidades graves em três empresas de resíduos cuja actividade foi suspensa porque recebiam entulho e lamas de estações de tratamento de águas residuais sem autorização nem condições. DN. Estou mais descansado. Pensei que que o caos era muito maior no reino da sucata.
  • A ministra da Saúde, Ana Jorge, disse que a gripe A não foi uma falsa pandemia e defendeu todas as medidas tomadas contra a doença em Portugal, nomeadamente a vacinação. As suas declarações surgem após o presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa ter dito que a gripe A foi uma falsa pandemia, "um dos maiores escândalos médicos do século" e que "custou muito dinheiro". Público. Realmente parece que agora é preciso fazer algum ruído para disfarçar toda a negociata.
  • Câmara da Amadora responsabiliza Brisa e proprietário do terreno pelo incidente que causou corte da auto-estrada. Público. E que tal responsabilizar S Pedro?
  • A Tanzânia vai leiloar 90 toneladas de marfim apesar da oposição de Quênia e de Ruanda, seus vizinhos. A Tanzânia diz que a permissão foi dada pelo painel das Nações Unidas encarregado do Controle da Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas (CITES) porque o objectivo é aplicar as receitas em projetos de gestão da fauna. Africa21. Ai as entrelinhas dos acordos...
  • Bicicleta rima com poesia? Sim, em Copenhagen. Em outros sítios rimaria com pinturas que alguns bem intencionados rotulam de graffitti. Porque o graffit a sério é arte, não haja confusões...
  • Cavalo à solta anima Avenida da República em Gaia. Parece que os burros estavam entretidos a comer a palha.
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Pesquisar neste blog