Blogue de informação e reflexão sobre temas ambientais. Desde Janeiro 2004, porque só os peixes mortos seguem com a corrente.
blogs SAPO
subscrever feeds
PATRIMÓNIO
BLOGUES
Sábado, 13 de Setembro de 2008
Tamiflu, que futuro?

Portugal e a Europa terão de decidir o que fazer com os 2,5 milhões de tratamentos de oseltamivir, vulgo Tamiflu, adquiridos em 2006 para combater uma pandemia da gripe das aves.
Baseado nas memórias do Ondas3, recordo o
lançamento do projecto, a cargo do laboratório português Medinfar, feito com toda a pompa e circunstância na presença dos ministros da Ciência, Mariano Gago, Saúde, Correia de Campos, e da Economia, Manuel Pinho.

Lembro-me de toda a histeria mediática à volta do assunto e de, após ter analisado várias fontes, ter-me interrogado por que razão tanta gente responsabilizava as aves selvagens pela proliferação da gripe das aves.
Lembro-me também da campanha do
registo obrigatório de aves domésticas, de um estudo ter apurado que, afinal, o virus era obra do homem e de a gripe das aves ter ganho não só agenda e santo mas ainda uma agenda muito complexa.
Em Maio de 2006 o
NY Times garantia que as aves migratórias não transportavam o vírus.
Entretanto, os
portugueses só declaravam 30% das aves que tinham, ro que provavelmente terá levado o ministro da agricultura Jaime Silva a dilatar o prazo de declaração de existência de aves de capoeira.
E durante algum tempo o tema eclipsou-se. Passados alguns meses, em Fevereiro de 2007, eis que
os media voltavam a alvoroçar-se com a morte de cerca de 3.000 perus em Inglaterra.
E, talvez porque houvesse cada vez mais provas de que
a gripe das aves estava ligada ao comércio global de galináceos, o projecto da fábrica de vacinas anti gripe prevista para Condeixa deixava de se justificar e caía.
Não me venham dizer que daqui a dias vamos começar a ser novamente bombardeados por notícias de sequestro e abate de aves vítimas do famigerado vírus. Não me venham com uma campanha de actualização da população galinácea e quejandos nas capoeiras que pululam de norte a sul do país. Poupem-nos. É que o filme já passou em tudo quanto é sítio e já deu o que tinha a dar.

Publicado por OLima às 00:17
Link da posta | Comentar
partilhar
4 comentários:
De AGB a 13 de Setembro de 2008 às 16:25
A gente lê e não acredita. Fiz uma chamada de atenção no meu blogue para este artigo. Um abraço.
De OLima a 15 de Setembro de 2008 às 21:53
"Não me venham dizer que daqui a dias vamos começar a ser novamente bombardeados por notícias de sequestro e abate de aves vítimas do famigerado vírus." - Pois é, cá está o dedinho do terror: RTP -"Um especialista em gripe das aves disse que a taxa de mortalidade de uma pessoa infectada pelo vírus da doença é de 60%, que caso se mantenha quando começar a pandemia provocará o fim da humanidade."
(http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?article=363227&visual=26&rss=0)
De OLima a 5 de Maio de 2009 às 17:30
Investimento de 27 milhões em Condeixa-a-Nova previsto pela Medinfarma, A fábrica anunciada por três ministros e que nunca saiu do papel
05.05.2009 - 12h46 por Luísa Pinto (http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1378672)
De OLima a 14 de Novembro de 2012 às 22:41
'Essential medicine' Tamiflu accused of being useless in fighting flu as experts call for legal action against manufacturers
http://www.dailymail.co.uk/health/article-2232118/Essential-medicine-Tamiflu-accused-useless-fighting-flu-experts-legal-action-Roche.html

Comentar posta

Pesquisar neste blog