Blogue de informação e reflexão sobre temas ambientais. Desde Janeiro 2004, porque só os peixes mortos seguem com a corrente.
blogs SAPO
subscrever feeds
PATRIMÓNIO
BLOGUES
Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011
Queixas contra ruído aumentam

  • Ministra do Ambiente bem impressionada com obras de reconstrução na MadeiraJornal da Madeira. Será que Dulce Pássaro está a ler os papéis deste seu colega?
  • As queixas contra o ruído nas ruas madrilenas aumentaram 16% em Janeiro de 2011 em relação a Janeiro do ano passado. El País. Quem mandou os fumadores ir para a rua fumar?
  • O escritor Bill Bryson lançou uma campanha contra o lixo que há em muitas estações e linhas de combóio inglesas. EDIE. Muitos súbditos de Sua Majestade não devem achar nenhuma graça a este americano vir criticar o mau estado de limpeza do que outrora lhes fazia inchar o peito...
  • O Carbon Trust viu o seu orçamento reduzido em 40%. Há três semanas fora a vez do Energy Saving Trust ter visto o seu orçamento reduzido em 50%. Há quem ache muito bem feito porque os dois organismos “não mereciam a água que bebiam”. The Guardian.
  • É você que quer poupar água? Os Water Guerrillas levam isso a séro e mostram como se faz para, por exemplo, reutilizar água de lavagens para rega.
  • O gado está a ser vítima de cada vez mais doenças, alerta o International Livestock Research Institute. De 4 em 4 meses surge nova doença. Tudo por causa das práticas intensivas. Nature.
  • Carbono e Metano é um documentário que está a ser distribuído pelas escolas brasileiras. Destina-se a jovens entre os 10 e os 15 anos. As cinco partes deste documentário de 50 minutos podem ser acedidas através destas ligações: (1), (2), (3), (4)(5).
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Domingo, 30 de Janeiro de 2011
Puxão de orelhas ao Reino Unido

  • A Comissão Europeia puxou as orelhas ao Reino Unido: levam o Reino a tribunal se não fizer cumprir os parâmetros da boa qualidade do ar. BBC.
  • A empresa de energia checa CEZ admitiu ter sido vítima de duas transferências não autorizadas dos seus créditos de carbono avaliados em cerca de 13.6 milhões de dólares. Reuters/Planet Ark.
  • O governo mexicano rejeitou o pedido da Monsanto de levar a cabo testes com milho transgénico no seu território. NASDAQ.
  • Cascas de banana secas e trituradas, misturadas numa proporção de 5 ml por 100 de líquido são capazes de purificar cerca de 65% de água com moléculas de urânio, cádmio e níquel, garante Milena Boniolo, da Universidade Federal de São Carlos, em São Paulo. Infografia no Portal del Medioambiente.
Publicado por OLima às 00:04
Link da posta | Comentar
partilhar
Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2011
Mão pesada
  • Sete cidadãos ingleses estão acusadas de fraude no IVA do negócio do carbono.  The Guardian.
  • Um empresário britânico foi multado em 145.000 libras por pagamento de subornos a funcionários iraquianos e indonésios para conseguir a exportação de aditivos de combustíveis proibidos na Europa. The Guardian.
  • A petrolífera Shell foi obrigada a ir ao parlamento holandês para prestar declarações sobre violação de direitos ambientais e humanos das suas operações na Nigéria. AllAfrica.
  • Os responsáveis pelo desastre ambiental verificado por ocasião do derrame de ácido sulfúrico na Lagoa dos Patos em 1998 foram multados em 20 milhões de reais (cerca de 8 milhões de euros). EcoDebate.
  • A construtora automóvel Uttara Automobiles Manufacturers Limited, do Bangladesh, foi multada em 3 milhões de takas (31.000 euros) por violação, durante 18 anos, de diversa legislação ambiental. BDNews.
Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar
partilhar
Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011
Suécia processada por abate de lobos

Publicado por OLima às 10:32
Link da posta | Comentar
partilhar
Terça-feira, 21 de Dezembro de 2010
Aterro que favorece inundações vai ser cais?

Foto: Foz do Rio Lis, por Telmo Alberto Faustino de Abreu.

  • Melhorar o estuário do rio Lis vai custar 750 mil euros. O projeto é da Câmara da Marinha Grande e será executado na zona entre a ponte das Tercenas e a Praia da Vieira, envolvendo a criação de uma ciclovia, de parques de estacionamentoe plantação de pinheiro manso. PúblicoAs águas que lá vão desaguar é que podem continuar a correr poluídas porque ninguém consegue meter as suiniculturas na ordem. Aliás este projeto já tinha sido proclamado em finais de Junho, como o Ondas3 referiu. Por alguma razão há projetos de que se fala mais...
  • A ribeira de Santa Luzia transbordou na sequência de fortes chuvas e inundou a Avenida do Mar, pondo em causa a manutenção do aterro à entrada do porto do Funchal. Este aterro é o resultado do depósito de pedras e lamas do temporal de 20 de Fevereiro e tem sido considerado responsável pelas inundações que aconteceram depois disso. Apesar disso, o governo regional de João Jardim quer construir em cima deste aterro uma zona de lazer com área acostável para cruzeiros. Público.
  • Dois cidadãos de Kampala, Uganda, produzem 100 litros de combustível por dia a partir de lixo e utilizando a técnica da pirólise catalítica.  Earth Times.
  • A água que corre nas torneiras de 31 cidades norte-americanas regista elevados níveis de cromo hexavalente, um produto potencialmente cancerigeno. Washington Post.
  • As autoridades de Mindanau fizeram executar a ordem de destruição de um campo de testes de beringela transgénica na University of the Philippines Mindanao, em Barangay, Mintal. Inquirer Mindanao.
  • Os Ministros do Ambiente europeus foram acusados pela Quercus de ceder a pressões da indústria automóivel sobre emissões. Tudo porque o limite máximo das emissões de gases com efeito de estufa dos novos veículos comerciais ligeiros foi revisto em baixa: 175 gCO2/km em 2017 e 147 gCO2/km em 2020. Refira-se que a proposta inicial era de 135 gCO2/km. “Os ministros do Ambiente concordaram com esta alteração, apesar de estudos divulgados pela Federação Europeia dos Transportes e Ambiente evidenciarem que uma redução da potência dos motores para os níveis de 1997 poderia representarper si uma redução em 16 por cento dos custos de combustível e das emissões de CO2 associadas”, acrescenta a Quercus. Público.
Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar
partilhar
Domingo, 19 de Dezembro de 2010
Reflexão

O capitalism climático venceu em Cancún – o resto do pessoal perdeu, artigo de Patrick Bond, no Africa 21. Ideias-base:

  1. O acordo assinado em Cancún foi considerado pelos media do sistema uma vitória, um passo em frente e muito se espera da próxima cimeira de Durban no próximo ano. Mas esta esperança baseia-se no renascer de estratégias de mercado, o que, de facto, tem falhado onde tem sido aplicado.
  2. Evo Morales, presidente da Bolívia pôs o dedo na ferida ao afirmar: “É fácil para quem está numa numa sala com ar condicionado continuar a apoiar políticas de destruição da mãe natureza. Em vez disso, precisamos de nos colocar na pele dos bolivianos e do mundo inteiro a quem faltam água e comida e que sofrem de fome. Aqui em Cancún não temos a mínima ideia do que é ser vítima das alteraçoes climáticas”.
  3. Para Pablo Solon, embaixador boliviano das NU, Cancun representa um recuo porque os compromissos assinados não obrigam à redução de emissões em cerca de 15% até 2020 e isso não vai estabilizar a temperatura ao nível considerado sustentável para a vida humana e para a vida do planeta.
  4. A maior parte dos especialistas considera o acordo pouco ambicioso porque uma subida de dois graus centígrados representa o degelo dos glaciares dos Andes e dos Himalaias, a inundação de zonas costeiras do Bangladesh, a submersão de pequenas ilhas, secas em África e o aumento da desertificação.
  5. Políticos e técnicos estão reféns de poderosos interesses de negócios e por isso estão cada vez mais afastados dos cidadãos. Muitos países pobres foram vítimas de muita pressão e de estratégias tipo dividir para reinar a ponto de terem mudado radicalmente de atitude em relação a Copenhagen e aceitado elevadas quantias para fazer o jogo dos grandes, como a WikiLeaks revelou.
  6. Os direitos dos indígenas e das comunidades que vivem em florestas não foram salvaguardados porque o novo conceito de floresta esmaga o de floresta antiga e o conceito de gestão sustentável da floresta significa abate comercial de árvores. Diz-se que o REDD vai mobilizar milhares de milhões de dólares para proteger florestas via comércio de créditos de carbono para as indústrias continuarem a poluir em vez de reduzirem as suas emissões, e isto é absurdo.
  7. O Banco Mundial, que coordena os apoios, não merece a confiança de muitos países uma vez que o seu modelo de crescimento baseia-se na extração de recursos, na privatização da energia e na liberalização do mercado de carbono.
  8. O mercado de carbono devia ser desativado por ser fonte de currupção, sofrer volatilidade periódica, e fomentar preços tão baixos que não atraem investimentos para as renováveis e para transportes mais eficientes. No fundo, porque faz com que, para a indústria, seja muito mais fácil continuar a poluir do que reestruturar.
Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar
partilhar
Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010
Descontos para clientes que rejeitem sacos de plástico?

Foto: O Blog Verde.

  • Prosseguiu o trabalho de recuperação ecológica do Cabeço Santo, em Belazaima. Poucos mas bons!
  • O PS quer obrigar supermercados a fazer descontos a clientes que prescindam de sacos de plástico. RTP. Ora aqui está uma excelente ideia, aliás já proposta em Maio de 2007 pelo Partido da Terra e aqui referida.
  • O PS, o PSD e o CDS chumbaram no parlamento uma proposta de alteração de Os Verdes que diz respeito ao Fundo de Carbono e que previa que uma parte da verba deste Fundo fosse canalizada para investimento em medidas internas de promoção da eficiência energética e no combate ao fenómeno das alterações climáticas.
  • Cerca de 30 toneladas de lixo acumuladas em década e meia, num acesso a uma residência particular na rua Pedro Nunes, em Faro, foram retiradas por funcionários da empresa municipal FAGAR. CM.
  • Tribunal francês rejeita queixa da Suez Water contra alegadas difamações contidas no documentário FLOW. Care2.
  • O clube de futebol Vissel Kobe Co. e uma empresa de internet lançaram um piso num estadio que gera energia com as vibrações provocadas pelos saltos dos fãs.
  • Um esquema que envolve a criação e a homologação de empresas fantasma por parte do poder público tem garantido fraudes contínuas na emissão de Documentos de Origem Florestal, levando à legalização de enormes quantidades de madeira retiradas ilegalmente na Amazónia. Estadão.
  • Ouvindo o canto das baleias.
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Quarta-feira, 22 de Setembro de 2010
Resíduos perigosos podem levar Portugal a tribunal

Foto: OLima, 21 Setembro, 13h30 - Espinho, esplanada da Praia da Baía.

Nunca tinha visto tanto bolo esfarelado e espalhado no chão, quiçá para alimentar pombos e gaivotas. É esta a mentalidade de alguma gente que pensa estar a fazer uma obra de caridade. Entretanto, quem devia preocupar-se e tomar medidas sobre uma questão de saúde pública como esta tem dado sobejas provas de estar mais preocupado com arraiais de longo espectro e forte estrépito.

  • A Câmara de Luís Filipe Menezes incentiva o uso de veículos eléctricos: licencia 10 postos de abastecimento de veículos elétricos e recebe 4 veículos elétricos da Prior Energy, SA. Público. Como em Menos Um Carro, pergunto: o que está errado na imagem?
  • Uma descarga poluente matou largas centenas de carpas, pimpões e outros peixes no rio Almonda, na Azinhaga, concelho da Golegã. A GNR investiga. CM.
  • Uma descarga de águas pluviais resultante do entupimento de uma conduta sujou areal não concessionado entre as praias dos Pescadores e do Peneco, em Albufeira. CM.
  • Três companhias de águas, a South East Water, United Utilities e a South West Water foram criticadas por um observatório britânico por continuarem a prestar serviço de pouca qualidade. The Guardian.
  • Bruxelas poderá levar Portugal perante o Tribunal de Justiça da UE se se confirmar a deposição ilegal de resíduos perigosos numa antiga mina em São Pedro da Cova, Gondomar, disse Nuno Melo, eurodeputado do CDS-PP. RTP.
  • A Agência de Investimentos Ambientais ucraniana sugeriu a formação de um mercado conjunto de comércio de emissões em parceria com a Rússia, Cazaquistão e Bielorússia. Envolverde/Carbono Brasil.
  • O comércio do marfim pode exterminar os 80 elefantes do Vietname dentro de uma década, apesar do país ter ratificado em 1992 uma convenção das NU proibindo o comério do marfim. The Guardian.
  • O metropolitano de Filadélfia vai produzir electricidade a partir do funcionamento dos travões das carruagens dos seus comboios.
  • 30 alunos do primeiro ano do curso Técnico de Meio Ambiente do Colégio Estadual Juscelino Kubitschek de Oliveira, em Maringá, recolheram mais de 100 Kg de resíduos plásticos das margens do córrego Borba Gato e do meio da mata. O Diário.
  • O Banco Mundial bateu o recorde de investimentos em centrais a carvão apesar de promessas em sentido contrário. The Guardian.
Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar | Ver comentários (1)
partilhar
Sexta-feira, 2 de Julho de 2010
Robô controla cardumes
  • O rio Ave continua a sofrer descargas poluentes, denuncia Rita Calvário, do BE, a qual constatou a situação durante uma visita a um afluente do rio Selho, na rua Potigela, localidade de Pevidém, freguesia de Selho S. Jorge, em Guimarães. Público.
  • A Bulgária foi suspensa do esquema de comércio de carbono das Nações Unidas por violar regras de reporte das emissões sob o Protocolo de Quioto. Envolverde.
  • O Parlamento finlandês aprovou a construção de mais duas centrais nucleares. O país já tem quatro, duas em Olkiluoto e duas em Loviisa, tendo uma outra, em Olkiluoto, ultrapassado já o prazo de execução. Earth Times.
  • A Rússia acaba de lançar a primeira central nuclear flutuante mundial. Chama-se Academician Lomonosov, tem 2 reactores e esperança de vida de 38 anos. The Voice of Russia.
  • A MonteAdriano vai construir três barragens em Cabo Verde. JNegócios.
  • A BP está a ser processada por andar a fazer queimadas controladas na zona de maré negra, matando muitas tartarugas que estão vivas. The Daily Telegraph.
  • O último truque da BP é esconder o crude que dá à costa. O segredo é conseguir despejar areia sobre esse crude, isolando praias da Louisiana e mantendo os jornalistas à distância. Já não bastava proibir as equipas envolvidas nas operações de limpeza usarem máscaras para, alegadamente, evitarem provocar histeria. Para já não falar disto. Via Fast Company.
  • Cientistas da universidade de Leeds criam peixe artificial capaz de controlar cardumes. Via PONG-Pesca. E qualquer dia vai haver um super robô a controlar os armadores.
Publicado por OLima às 01:18
Link da posta | Comentar | Ver comentários (1)
partilhar
Sexta-feira, 4 de Junho de 2010
Caos na observação de cetáceos

  • O negócio da observação de cetáceos está descontrolado, alerta Pedro Madruga. Expresso das Nove.
  • O Sata Rallye Açores vai para a estrada em Julho e vai custar 1,3 milhões. Expresso das Nove. Nada mal para quem fala de tanta crise.
  • S. Miguel estrangulada por Scuts, cartoon de Luís Cardoso, no Expresso das Nove. Procurar em "edições anteriores" porque o link do cartoon altera-se diariamente...
  • Elephant Parade em Londres, para angaria 2 milhões de libras para a preservação do elefante asiático, em vias de extinção.
  • Londres e Gibraltar levam puxões de orelhas da União Europeia devido à má qualidade do ar. Reuters.
  • Mais um cientista que se demite da Food Standards Agency acusando-a de favorecer os transgénicos e de manipular dados e informações no âmbito de uma campanha de alegada informação pública.
  • O Barclays vai comprar a sueca Tricorona AB, especialista em comércio de emissões. Reuters.
  • Aumentam as tensões após a aprovação da construção barragem de Belo Monte no rio Xingu. A vida de 45.000 pessoas vai ser totalmente alterada, tendo 12.000 que ser realojadas. “Disse aos guerreiros da minha tribo e aos de outras do Xingu Superior para se prepararem para a guerra. Não vamos deixá-los construir esta barragem”, disse Raoni Metuktire, chefe da tribo Kayapo. Esta luta conta com o apoio de James Cameron, director de Avatar, e com várias organizações ambientalistas a nível mundial. Mongabay.
  • Excelentes cartoons sobre o desastre ecologico no Golfo do México podem ser apreciados aqui e aqui.
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Terça-feira, 25 de Maio de 2010
Mão pesada
  • O Tribunal Colectivo de Gondomar condenou 38 arguidos que vinham pronunciados pela prática dos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais, associação criminosa e detenção de arma proibida. Público.
  • Mais quatro indivíduos foram detidos em Londres e Leicester por alegadas fraudes no mercado de carbono europeu. Business Green.
  • O matadouro do Two Sisters Food Group em Willand, Devon, foi multado em 62.500 libras pelo mau funcionamento da sua ETAR que produzia níveis de amónia 50 vezes superior ao estabelecido pela lei. EDIE.
Publicado por OLima às 00:31
Link da posta | Comentar
partilhar
Sábado, 22 de Maio de 2010
Dia Internacional da Biodiversidade

 

Porque hoje, 22 Maio, é Dia Internacional da Biodiversidade:

 

Vivam, apenas
Sejam bons como o sol.
Livres como o vento.
Naturais como as fontes.

Imitem as árvores dos caminhos
que dão flores e frutos
sem complicações.

Mas não queiram convencer os cardos
e transformar os espinhos
em rosas e canções.

E principalmente não pensem na morte.
Não sofram por causa dos cadáveres
que só são belos
quando se desenham na terra em flores.

Vivam, apenas.
A morte é para os mortos!

 

José Gomes Ferreira

 

  • Parque Gerês/Xurés recebe diploma da UNESCO. Lusa/Google.
  • Um terreno da Câmara Municipal de Belmonte doado à Santa Casa da Misericórdia local para a construção de um lar de idosos está à venda na Internet à revelia da autarquia. Público. De que está a autarquia à espera?
  • A fraude fiscal representa 7% dos 124 mil milhões de dólares do mercado do comércio de emissões realizado em 2009. Já várias pessoas foram detidas no Reino Unido e centenas de escritórios de empresas europeias estão a ser investigados. Clean Techies.
  • Activistas da Greenpeace subiram ao mastro da bandeira da BP, na sua sede de Londres, e mudaram-lhe o nome para "British Polluters". Youtube (2:05)
  • As petrolíferas estão proibidas de extrair petróleo na reserva habitada pela tribo Murunahua (ou Chitonahua), no Amazonas peruano. Survival.
  • A BP e a guarda costeira dos EUA vão testar centrifugadoras de petróleo criadas pelo actor Kevin Costner aquando da realização do seu filme Water world (1995). Kevin Costner investiu 24 milhões de dólares neste projecto nos últimos 15 anos. A máquina funciona como um aspirador que, assente sobre barcaças, suga o as águas contaminadas e centrifuga-as a alta velocidade, separando o petróleo da água. LATimes.
  • Ex-secretário do Meio Ambiente do Brasil Luiz Henrique Daldegan foi detido com 30 outras pessoas por alegado envolvimento em operações de extração, transporte e comércio ilegal de produtos florestais na Amazônia mato-grossense.  Midia News.
Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar
partilhar
Terça-feira, 4 de Maio de 2010
Comércio de emissões: fraudes a nível europeu

Santa Comba de Bande, Galiza. Cuidado ao sentarem-se no banco...

  • Suspeitas de fraudes no negócio do comércio de emissões, nomeadamente a lavagem de dinheiro, levou à detenção de 4 pessoas na Alemanha e a operações de busca em 50 casas e escritórios no Reino Unido. Investigações de fraudes realacionadas com o comércio de emissões estão a decorrer em Portugal, Dinamarca, Bélgica, Finlândia, Holanda, Noruega, Chipre e República Checa. Business Green.
  • A Halliburton pode ser suspeita na investigação que está a ser feita às circunstâncias em que ocorreu a explosão da plataforma petrolífera da BP e consequente catástrofe ambiental. The Wall Street Journal. Após a desregulamentação geral levada a cabo pela administração Bush, a BP estava dispensada de usar um controlo remoto que, através de sensores acústicos, poderia bloquear a saída do crude. Foi isto que disse o advogado que representa as indústrias pesqueira e costeira. Michael Panpantonio aponta o dedo ao famigerado secretário de Bush, Dick Cheney. Foi ele que terá fomentado e aprovado a ausência da necessidade de tal recurso. A denúncia é feita durante um programa de televisão. Vale a pena ver e ouvir, especialmente a partir do 3º minuto da gravação.
  • Três vacas transgénicas morreram em consequência de rupturas nos enormes ovários com que nasceram. NZTV. Video (2’)
  • A gigante Wal-Mart aceitou pagar a multa de 27.6 milhões de dólares por descarte ilegal de resíduos perigosos em vários dos seus armazens. The Huffington Post.
Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar
partilhar
Sexta-feira, 30 de Abril de 2010
Comércio de emissões: mais fraudes

Rio Vez, em Arcos de Valdevez.

  • As recentes erupções do vulcão islandês tiveram impactos pouco significativos na qualidade do ar na Europa, garante a Agência Europeia do Ambiente. Na Islândia, pelo contrário, as enormes quantidades de dióxido de enxofre expelido e as partículas em suspensão podem representar sérias ameaças para humanos e animais. EDIE.
  • Uma nova doença está a ameaçar o carvalho, o que pode alterar radicalmente a paisagem britânica. The Independent.
  • Os escritórios do Deutsche Bank e da RWE estão a ser investigados por alegada fraude ligada ao comércio de emissões, calculada em 180 milhões de euros. Para além destas empresas, estão a ser passados a pente fino duas centenas de escritórios de outras 48 empresas, havendo 150 suspeitos. Business Green.
  • Há fabricantes e cadeias comerciais que fazem greenwashing, exagerando nas qualidades ambientais dos seus produtos de limpeza, alerta a Which?, uma organização de defesa do consumidor. Apenas uma ínfima minoria dos visados tem acatado as observações desta associação. The Independent.
  • Pode uma máquina aceitar uma garrafa de plástico ou uma lata vazia e pagar ao cidadão que a recicla? Sim, as da Pepsi fazem-no. Por enquanto, na Carolina do Norte, mas a Califórnia também as quer.
  • A Chevron exigiu ao director do filme Crude a cedência de centenas de horas de filme não editado para poder contra-atacar a tese de que a petrolífera é responsável por uma catástrofe ocorrida na Amazónia equatoriana. Há quem alegue grave violação do direito de livre expressão. The Guardian.
  • As acções da BP caíram 7% e instalou-se o pânico entre os investidores após peritos, perante a explosão e afundamento de plataforma petrolífera no golfo do México, terem previsto uma catástrofe ambiental igual ou pior à do Exxon Valdez. The Guardian.
  • Imagens da grande manifestação contra Belo Monte, em Nova York. Sigourney Weaver e indígenas americanos em frente da Missão Permanente do Brasil nas Organização das Nações Unidas. Telma Monteiro.
  • Pode um restaurante aumentar a sua área sem arrancar uma árvore? Sim, em José Bonifácio, São Paulo. Aldeia.

 


Regresso na 3ª feira, 4 de Maio. Razões académicas...


Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar | Ver comentários (2)
partilhar
Sábado, 6 de Fevereiro de 2010
Hackers roubam créditos de carbono

Ecocentro de Silvalde, Espinho. Um notável exemplo de sentido de responsabilidade e de autonomia em relação às hierarquias. Ou haverá algo que me escapa?

  • O governo de Berlusconi apelou ao Tribunal Constitucional para revogar leis regionais que proibem a instalação de centrais nucleares em seus territórios. A Itália é o único país do G8 sem energia nuclear na sequência de um referendo após o desastre nuclear de Chernobyl. Reuters.
  • 14 toneladas de resíduos altamente radioactivos provenientes da central nuclear britânica de Sellafield estão a ser transportados para o Japão no Pacific Sandpiper. A operação mereceu excepcionais medidas de segurança. The Japan Times.
  • A capacidade de geração de energia eólica no Brasil aumentou 77,7% em 2009, em relação ao ano anterior.
  • Hackers roubaram 250.000 créditos de carbono utilizando a técnica do phishing. As vítimas foram 7 empresas que foram levadas a registar-se de novo numa página falsa da autoridade alemã do comércio de emissões. Wired.
Publicado por OLima às 00:09
Link da posta | Comentar
partilhar
Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010
Nova espécie na Ria de Aveiro

Ribeira de Silvalde, Espinho.

  • Investigadores da Universidade de Aveiro descobriram uma nova espécie animal Diopatra micrura, no Canal de Mira da Ria de Aveiro. A Diopatra micrura é um verme marinho semelhante ao casulo Diopatra neapolitana, bem conhecido na Ria de Aveiro e noutros estuários e lagoas, pela sua qualidade como isco para a pesca. Diário Digital. Juro que, quando pela primeira vez li o título, pensei que fosse outra coisa incubada alguns quilómetros mais a norte do país.
  • O Fundo Português de Carbono vai receber em 2010 a mesma dotação orçamental de 2009, no valor de 23 milhões de euros, para a aquisição de licenças de emissões de dióxido de carbono e de créditos de emissões gerados por projectos em países em desenvolvimento. Porreiro, pá, para isto há dinheiro! Continua a empatar-se dinheiro neste negócioo sabendo-se que a coisa anda mesmo mal.
  • Rio diz que Portugal é rico por fazer estudo de impacte ambiental sobre a futura linha de metro do Campo Alegre. Público. Também é rico por permitir os autarcas andarem de bons carros, trocados frequentemente, a expensas do Estado.
  • A norueguesa Think anunciou um acordo de cooperação com a AeroVironment para produzir um sistema de carregamento de baterias de carros em 15 minutos. Business Green. Porque será que não investem o mesmo nos transportes públicos?
  • A israelo-americana Better Place conseguiu mais capital do HSBC para produzir o que diz ser o primeiro carro eléctrico do mundo. O projecto, que é uma joint venture da Renault-Nissan, conta ainda com apoios do Morgan Stanley Investment Management e do Lazard Asset Management.
  • Garrafas de plástico recicladas para telhas e outros materiais de construção. Rebia. No Brasil é assim. Por cá, servem para enfeitar muitas praias.
Publicado por OLima às 00:01
Link da posta | Comentar
partilhar
Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010
Negócio do carbono vai mal

Ribeira de Silvalde, Espinho.

  • O desabamento na CREL já era previsível. A Brisa, concessionária da A9/CREL, pediu a intervenção da Câmara da Amadora em 2004, 2005 e 2007, no aterro que estará na origem da derrocada de toneladas de terras para as faixas de rodagem. E a autarquia alertou o proprietário dos terrenos. Se não desconfiasse de que esta é uma estória muito mal contada, apetecer-me-ia dizer que estamos perante mais um caso de "Portugal no seu melhor". Eheheheheheheheheheheheheheheeh. Por favor, expliquem-me que eu não percebo. O tipo terá sido expropriado para que a CREL fosse construída. Tê-lo-á sido por baixo preço porque quando se trata de interesse público invoca-se a Pátria e o bem da Nação. A Brisa cobra por cada carro que por lá passa mas, que se saiba, não partilha os lucros com o tal proprietário. Agora que as chuvas fizeram o que toda a gente viu, querem obrigar o proprietário dos terrenos onde se deu a quebrada a arcar com responsabilidades!? Então, porque estão a dar ouvidos ao chorinho dos agricultores do Oeste que viram as suas estufas dizimadas? Porque é que não fazem aos agricultores do Oeste  o mesmo que a Brisa e a Câmara da Amadora estão a fazer ao proprietário do terreno que desabou: não lhes dêem subsídios a fundo perdido, mandem-nos assumir responsabilidades!
  • O fiasco da cimeira climática de Copenhagen pode contribuir para aumento da violência, corrupção e especulação fundiária em áreas de floresta, alerta a RRI. Tudo porque foram anunciados 3.5 mil milhões de dólares para projetos do tipo Redd (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação florestal) e a indefinição da conferência quanto à regulamentação formal dessas iniciativas - basicamente, uma compensação financeira para preservação de florestas- vai aumentar a pressão sobre áreas verdes. O carbono contido nas árvores elevará o valor de áreas florestadas e despertaria o interesse de pela posse dessas terras, provocando conflitos. Ambiente Brasil.
  • Os bancos e os investidores estão a sair do mercado de carbono na sequência do falhanço do acordo para os limites de emissões em Copenhagen, admitem empresas como a Norton Rose e a EcoSecurities. Tudo porque a recessão provocou uma redução nas emissões e, consequentemente, há menos projectos ditos limpos para financiar. Também por isso o preço dos créditos de carbono baixaram. The Guardian. Que irá fazer a nossa Ecotrader?
  • A H&M, a C&A e outras marcas andaram a vender artigos de algodão da Índia com rótulo “orgânico”. Só que o algodão rotulado de orgânico estava, de facto, contaminado com algodão transgénico
Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar
partilhar
Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010
Já temos corretora de carbono!

Carneiro pastando em terreno de Anta, Espinho.

  • O activista ambiental que está a dar a volta ao mundo num autocarro movido a biocombustível foi detido durante 2 semanas na Índia suspeito de acto terrorista: posse de telefone de satélite sem licença. The Washington Post.
  • Resíduos do crude do famigerado Exxon Valdez ainda existem no Prince William Sound mais de 20 anos após a catástrofe. Tudo se deve, diz um investigador, ao facto do crude estar a ser retido entre duas camadas de pedras de tamanhos diferentes. AP/MSNBC.
  • O Banif e a Fomentinvest vão lançar a Ecotrader, a primeira corretora de carbono portuguesa, detida em partes iguais pelas duas entidades e que será presidida por Ângelo Correia. Público.

Em testes aqui... qual a vossa opinião?


 

 

Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar | Ver comentários (3)
partilhar
Terça-feira, 12 de Janeiro de 2010
Mão pesada
Publicado por OLima às 00:23
Link da posta | Comentar
partilhar
Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009
Reflexão

O greenwash instituicionalizou-se. Antecipando-se à cimeira de Copenhagen, um grupo internacional de empresas fez publicar um documento intitulado Comunicado de Copenhagen. Apadrinhado pela Universidade de Cambridge e pelo Príncipe Carlos, e esverdeado pelo panda do WWF, o grupo dá conselhos aos lideres dos países que se reuniram recentemente naquela cidade dinamarquesa. Coisa de peso, tendo em conta que o grupo conta com a força e sabedoria da Shell, da BP, da Repsol, da Coca Cola, entre outras. Em suma, eis o que o grupo sugere aos ditos decisores:
- restabelecer a confiança e o crescimento do sistema económico;
- garantir a saída da actual crise económica de modo a lançar as bases de um crescimento de baixo carbono;
- criar condições e sinais para que as empresas invistam em produtos, serviços, tecnologias e infraestruturas de baixo carbono;
- criar condições para o investimento nos países em desenvolvimento;
- tomar medidas para criar um mercado de emissões robusto;
- criar um forte empenhamento público de processos de aprovisionamento e o desenvolvimento de incentivos.
Inteligentes! Primeiro mostram que, longe de estar preocupados com os efeitos das ditas alterações climáticas sobre os desgraçados de sempre (é o que nos dizem e mostram os media de referência), zelam pelos seus interesses e pelos lucros das suas empresas. Segundo, dizem-se grandes empresas privadas mas exigem dinheiros públicos para investir em tecnologias limpas quando ainda as tecnologias sujas que dominam lhes dão lucros fabulosos. Terceiro, exigem um mercado de carbono semelhante ao actual, quiçá ainda mais liberalizado. Tudo isto pintado de verde para melhor cobrir os seus reais interesses: facturar mais, dominar mais.

Publicado por OLima às 00:01
Link da posta | Comentar
partilhar
Pesquisar neste blog
 
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons

Join the Blue Ribbon Online Free Speech Campaign
Join the Blue Ribbon Online Free Speech Campaign!

IBSN: Internet Blog Serial Number 2004-01-04-00
Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno  Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo
Best Green Blogs