Blogue de informação e reflexão sobre temas ambientais. Desde Janeiro 2004, porque só os peixes mortos seguem com a corrente.
blogs SAPO
subscrever feeds
PATRIMÓNIO
BLOGUES
Sábado, 8 de Outubro de 2011
Nazaré reduz iluminação pública para metade

  • A câmara da Nazaré vai reduzir custos na iluminação pública fazendo desligar metade dos candeeiros das ruas do concelho. Tinta Fresca. Quantas câmaras estão a fazer o mesmo?
  • Estão abertas as inscrições para nova edição do Escolas Amigas da Água, uma projeto da Águas do Algarve e da Quercus destinado às escolas do Algarve. Objetivos: contribuir para o conhecimento dos consumos de água dentro de uma escola e diferenciá-los por utilização; consciencializar a comunidade escolar para a importância do uso eficiente da água e de que forma esse esforço pode ser concretizado no quotidiano; promover o desenvolvimento de atividades relacionadas com o uso eficiente de água e estimular novas ideias; e conseguir uma maior eficiência de utilização da água nas escolas participantes. Região Sul.
  • Câmaras do Algarve avisam que vão reduzir despesas com iluminações de Natal. CM.
  • A Comunidade Intermunicipal do Alto-Minho informou a ministra do Ambiente que, até final do ano, poderá rescindir o acordo com a empresa pública Águas de Portugal, alegando incumprimento contratual. Lusa/RTPCoincidência ou não, a atitude até poderá dar jeito aos paladinos da privatização da Águas de Portugal. Para falicitar a tarefa, o seu diretor até já se demitiu...
  • Mais de 100 cientistas e economistas escreveram uma carta à Comissão Europeia exigindo uma alteração à política de biocombustíveis alegando que fomenta a desflorestação, promove o aumento do preço dos alimentos e que não é tão amiga do Ambiente como alguns querem fazer crer.
  • Marisqueiros de Long Island queixam-se de que o pesticida metroprene utilizado pelas autoridades de New York na rede de pluviais para matar mosquitos está a matar as lagostas que são o seu ganha pão. Connecticut Post.
  • As rotas dos aviões vão sofrer alterações para reduzir o ruído na vizinhança do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. AB/Ùltimo Segundo.
Publicado por OLima às 00:06
Link da posta | Comentar
partilhar
Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011
Biodiesel em crise

  • O biodiesel em Espanha atravessa crise grave. Após o encerramento de duas fábricas da Infinita Renovables em Castellón e Ferrol, a Entaban, a maior produtora de biodiesel em Espanha e a terceira maior na Europa, anunciou o encerramento de duas das suas fábricas, uma em Ferrol e outra em Bilbao. A causa é atribuída à concorrência desleal do biodiesel argentino e indonésio. Energias Renovables.
  • Querem eliminar a ciclovia que atravessa a Blackfiars Bridge, em Londres. Tudo para alegadamente tornar o tráfego automóvel mais fluído. The Guardian. Os tipos devem ter perdido um parafuso. É que as bicicletas representam, segundo números oficiais, 35% do tráfego naquela zona, e os automóveis e táxis 32%...
  • Vale bem a pena ver como um grupo de jovens quenianos promove a reciclagem e o uso da bicicleta.
  • O herbicida Roundup, da Monsanto, provoca a infertilidade e abortos nos animais, alerta um investigador com 40 anos de experiência no ramo. Farm and Ranch Freedom Alliance, via La Vida Locavore.
  • As Honduras já produzem cerca de 63% da energia que consomem, mas vão instalar uma eólica em Cerro de Hula, a maior na América Central. Energias Renovables.
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2011
Reflorestação avança no Cabeço Santo

  • Carvalhos e medronheiros foram plantados durante mais uma etapa de reflorestação de Cabeço Santo, um projeto do núcleo de Aveiro da Quercus. Bem hajam!
  • Dois mil madeirenses manifestam-se contra a construção de um novo cais de barcos de cruzeiro e exigem remoção do aterro com inertes do temporal de Janeiro de 2010 e devolução da praia às pessoas. Público.
  • A produção agrícola mundial não satisfez a procura e, por isso, os preços da alimentação estão a subir vertiginosamente. A fome vai aumentar. Tudo com a contribuição do aumento da produção dos  biocombustíveis. Washington Post.
  • A escassez da água vai afetar 4 milhões de britânicos, avisa a Joseph Rowntree FoundationThe Guardian.
Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar
partilhar
Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2011
Biocombustíveis: um terço é amigo do ambiente

  • Apenas um terço dos biocombustíveis britânicos respeita os padrões ambientais legalmente estabelecidos, admite a Renewable Fuels Agency. The Guardian.
  • O ministério do Ambiente do Brasil aprovou a construção da barragem de Belo Monte, um projeto que já alimentou muita polémica e muito protesto por parte de comunidades índias e ambientalistas. MSNBC.
  • A câmara de Santa Mónica, na Califórnia, proibiu o uso de sacos plásticos em lojas e supermercados. LATimes.
Publicado por OLima às 00:14
Link da posta | Comentar
partilhar
Sábado, 18 de Dezembro de 2010
Deputados viciados no papel

Árvore de Natal feita de garrafas de plástico. Na Figueira da Foz. Fonte.

  • A lixeira da Minhoteira, Oliveira de Azemeis, vai ser erradicada em breve.
  • O sistema electrónico adoptado pelo Parlamento em 2008 para o envio de perguntas e requerimentos ao Governo foi raramente utilizado pelos deputados, que continuaram a preferir o papel em 97,6% dos casos. Público. A culpa é do diretor do projeto que não lhes fez o desenho. Mas em compensação suas excelências estão sempre com os computadores ligados durante os debates no Parlamento. Alguém faz uma ideia do consumo de energia que isso representa?
  • A Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) anunciou a candidatura da Ponte da Arrábida a Monumento Nacional, preocupada com o impacto visual de um prédio de grandes dimensões projectado para a envolvente. Público.
  • A Câmara dos Representantes aprovou um pacote de subsídios ao etanol e ao carvão líquido no valor de 860 mil milhões de dólares. FoE.
Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar
partilhar
Quinta-feira, 25 de Novembro de 2010
12 mil vão ter água mais barata

 

  • Portugal, Espanha, Itália e Chipre acabam de levar um puxão de orelhas de Bruzelas por não terem feito cumprir os valores-limite da poluição. Público.
  • 12 mil famílias do concelho de Faro vão pagar menos pela água em 2011. Observatório do Algarve.
  • A Martinfer Solar assinou um contrato de fornecimento de 9 centrais solares para abastecer de eletricidade o sul da Califórnia.
  • Um projeto desenvolvido em Israel substitui pesticidas pelo uso de insetos estéreis como método de combate às pragas em plantação de citrinos. O acasalamento desses insetos, colocados em quantidade superior aos machos normais, produz ovos estéreis, o que leva à redução progressiva da praga. Via Envolverde.
  • Agricultores hondurenhos queixam-se de ameaças, ataques e massacre levados a cabo nas terras onde trabalhavam em Trujillo, Colon, por parte de seguranças pagos pela Dinant Corporation, uma empresa de biocombustíveis subsidiada pelo Banco Mundial.
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Terça-feira, 23 de Novembro de 2010
Fraldas ganhadoras

  • A Ministra do Ambiente considera as fraldas reutilizáveis uma iniciativa ganhadora. As fraldas reutilizáveis são produzidas em algodão, microfibras vegetais, lã ou malha polar, podem ser usadas durante 2 anos, ficar guardadas numa gaveta até voltarem a ser usadas por um nova criança por mais dois anos. Podem ainda ser vendidas em 2ª mão para utilização por outros bebés.
  • A Brisa deve recuperar metade do tráfego que perdeu para as Scut. Público. E para tal, presumo, tudo fará para reduzir custos. Inclusive os da manutenção. Quero ver o estado em que estarão as autoestradas portuguesas dentro de 5 anos. Se a privatização das linhas ferroviárias britânicas fez disparar, em poucos anos, o número de acidentes comprovadamente provocados pela redução da sua manutenção, o mesmo deverá acontecer com as autoestradas portuguesas.
  • Está em discussão pública o Plano e Ordenamento do Espaço Marítimo. Via PONG-Pesca.
  • Os preços da energia ao consumidor vão subir no Reino Unido.
  • A Nissan e a Chevrolet vão começar a vender em Dezembro os seus novos carros elétricos. As empresas de eletricidade estão felizes mas preocupadas. É que se pensarmos que carregar as baterias de um carro elétrico exige a mesma quantidade de energia como a que é consumida por uma casa o caso muda de figura porque vai haver muito mais pressão sobre as redes e as redes não estão preparadas para este grande aumento de procura de energia elétrica. Os responsáveis lembram que as redes de energia colapsaram nos anos 50 quando a moda do ar condicionado se popularizou. HP.
  • Al Gore pediu públicas desculpas por ter apoiado o etanol produzido a partir do milho enquanto era Vice Presidente dos EUA. Admitiu que estava mais interessado nos votos do setor agrícola do que numa boa solução para o ambiente.
Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar
partilhar
Quarta-feira, 10 de Novembro de 2010
Portugueses não aprovam transgénicos

Cogumelos crescendo numa valeta de Oliveira do Bairro.

  • Os deputados do PSD-Madeira chumbaram a constituição de uma comissão de inquérito para o apuramento de responsabilidades em relação aos incêndios florestais de 2010 proposta pelo PCP madeirense. Público.
  • Duas quintas de Amarante premiadas por usarem produtos naturais para tratar vinhas. Público.
  • Os transgénicos são malvistos pelos portugueses: apenas 37% os aprovam, revela o Eurobarómetro. Público.
  • O projeto europeu de biocombustíveis vai forçar a conversão de 69.000 Km2 de terra virgem em campos de cultivo, retirando comida aos pobres e produzindo entre 81 e 167% mais de dióxido de carbono do que os combustíveis fósseis, alerta o relatório do IEEP. Reuters.
  • Mais de 100 pessoas manifestaram-se em Kelowna contra o apoio do governo de British Columbia, Canadá, aos transgénicos. O mês passado tinham entregado um abaixo assinado de 3.000 assinaturas reiterando a sua oposição ao cultivo e comércio de transgénicos. Global Edmonton.
  • O governo da Argentina desviou 55 milhões de euros, destinados a cumprir a Lei de Protecção dos Bosques, para pagar a transmissão de jogos do campeonato, acusa a Greenpeace. Via DN.
Publicado por OLima às 00:04
Link da posta | Comentar | Ver comentários (1)
partilhar
Terça-feira, 2 de Novembro de 2010
Petróleo, carvão e biocombustíveis fazem... lóbi
Foto: OLima, 27 Julho 2009. Espinho, junto ao Rio Largo. E os megafones da desgraça ainda não berravam como agora.
  • Paliçadas estão a ser colocadas na praia do Guincho para ajudar a fixar uma duna primária que defende a Quinta da Marinha e outros condomínios de luxo, um parque de campismo e estrada entre Cascais e Sintra. Público.
  • Autocarros de Oslo vão circular a metano.
  • A indústria dos biocombustíveis gastou 22 milhões de dólares a fazer lóbi sobre legisladores, revela um relatório divulgado pelos Friends of the Earth. Aqui fala-se de valores três vezes superiores gastos pelo lóbi do petróleo e do carvão sobre o Congresso norte-americano.
  • 600 pessoas foram detidas na sequência de protesto contra uma central nuclear prevista para Jaitapur, Índia. Um juíz  e um almirante encontram-se entre os detidos. Greenpeace India.
  • O Japão e o Vietname assinaram um acordo de cooperação nuclear para a construção de uma central nuclear no centro do Vietname. Reuters.
  • A maior reserva marinha acaba de ser criada no arquipélago de Chagos, no Índico. The Independent.
  • Fomos enganados. O acordo para salvar o mundo nunca aconteceu, escreve George Monbiot no Guardian. Tudo porque não há conclusões escritas e divulgadas pelos responsáveis da cimeira do Japão. Não há nada de novo em relação a um alegado rascunho de intenções publicado o mês passado. Por isso os governos podem muito bem continuar a não fazer nada. Aliás, esta situação é semelhante à da cimeira de 2002: muito paleio, muita pompa e circunstância e a montanha pariu um rato. E agora o que é preciso fazer é provar que o dinheiro que custa para lixar o planeta é menos do que o que custa para o preservar. Estamos a colocar as coisas às avessas, a ver a natureza como um plano de negócios, os cidadãos como meros consumidores, porque, na realidade, a economia depende da biosfera. Um terço dos países nem sequer enviou representantes talvez porque a cimeira não era para salvar bancos ou companhias aéreas. Quando eles se encontram para pensar sobre a colapso gradual do mundo natural eles enviam o pessoal de limpeza dos seus escritórios e adiam as medidas por mais 10 anos, enquanto os media nem reparam que eles nem sequer produziram um acordo escrito.
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Sexta-feira, 9 de Julho de 2010
Ninguém controla 27.000 poços de petróleo abandonados no fundo do Golfo

  • Cheiros nauseabundos perfumam esplanadas de Amarante.
  • 37% dos biocombustíveis consumidos no primeiro trimestre de 2010 em Espanha foram importados da Argentina. 75% das fábricas de biocomustíveis espanholas estão paradas. Energías Renovables.
  • Barroso está a ser duramente criticado por ter feito aprovar uma lei que escancara as portas da Europa ao cultivo e consumo de transgénicos, deixando os países, a nível individual, a possibilidade de os travar. A sua liderança é posta em causa tendo em conta os perigos que se levantarão em relação à segurança alimentar quando nenhum país levantar objeções em relação ao cultivo e consumo de transgénicos. European Voice, via GMWatch.
  • A limpeza das praias poluídas pela maré negra desencadeada pela explosão da plataforma Deepwater Horizon, da BP, foi até agora feita à superfície. A petrolífera anunciou a intenção de, após a total contenção da maré negra, incinerar a segunda camada de areia das praias. AP/MSNBC.
  • Postos de abastecimentos da BP em Detroit estão a mudar de petrolífera face à reacção geral dos seus clientes. Detroit Free Press.
  • Há 27.000 poços de petróleo abandonados no fundo do Golfo do México. Ninguém monitoriza eventuais fugas e ninguém respeita as leis que obrigam à sua selagem após algum tempo de abandono. AP/The Raw Story.
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Quarta-feira, 7 de Julho de 2010
Expulso por defender florestas
  • A restauração do centro histórico de Sevilha está furiosa com a obrigatoriedade de encerrar as suas espplanadas à meia noite e meia em vez da 1h30. Não concordam com a medida das autoridades locais, aplicada por força judicial após muitos anos de queixas contra o ruído que não deixava dormir os que tinham que se levantar cedo para trabalahr, e dizem que ela é inadmissível especialmente numa altura de crise. El País.
  • A WWF apresentou queixa à Comissão Europeia contra a nova regulamentação do governo espanhol para conceder ajudas estatais a centrais eléctricas que queimam carvão nacional. Ambientum.
  • Petróleo está a entrar na cadeia dos mariscos, alertam cientistas da University of Southern Mississipi  e da Tulane University que detectaram vestígios de petróleo em larvas de caranguejo. Sun Herald.
  • A maré negra provocada pela explosão e destruição da plataforma Deepwater Horizon, da BP, no Golfo do México, acaba de atingir a costa do Texas, elevando para 5 o número de estados afectados. El Mundo.
  • Um jogo da BP comercializado nos anos 70 prometia desafios e aventuras na exploração do petróleo ao largo da costa. BP Offshore Oil Strike pode ser jogado com o máximo de 4 jogadores que concorrem na exploração do petróleo, construindo plataformas, estendendo oleodutos da plataforma até à base da empresa, em terra. Vence o primeiro jogador que faça 120 mil milhões de dólares. Para o apimentar, há tempestades, explosões, avarias, operações de limpeza, tudo a 1 milhão de dólares... no jogo. O jogo custava 35 libras há 35 anos e na altura não era popular. Metro UK. E parece que já há gente a querer facturar à pála.
  • Limpeza da maré negra da BP em condições escandalosas. Octopus.
  • Um biocombustível está a contribuir para uma zona morta no golfo do México do tamanho do estado de New Jersey. O nitrogénio utilizado na fertilização do milho, um terço do qual é transformado em etanol, é arrastado das planícies do Midwest para o rio Mississippi e para o Golfo, aí alimentando as algas que, quando morrem, mergulham no fundo do mar e desfazem-se, consumindo oxigénio e sufucando a vida marinha. A hipóxia acaba por matar o camarão, o caranguejo, a minhoca, nada escapa. Entre a hipóxia e a maré negra venha o Diabo e escolha, diz Nathaniel Ostrom, zoólogo na Univerisdade do Michigan. San Francisco Chronicle.
  • A agência reguladora de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos – FDA – estuda a aprovação, para consumo humano, do primeiro animal geneticamente modificado, um salmão que pode ter duas vezes o tamanho normal. Envolverde.
  • O Presidente Obama anunciou o investimento de 1.85 mil milhões de dólares em duas empresa para a instalação da maior central solar  do mundo no estado do Arizona. Entretanto, União Europeia aprovou um subsídio de 45 milhões de euros para a alemã Deutsche Solar AG produzir paineis solares em Freiberg. Por que será que militares americanos estão agora tão preocupados com as chamadas alterações climáticas? Será só por causa da segurança nacional? Por causa das anunciadas vagas de imigrantes fugindo de calamidades climáticas e desejando a aparente segurança a norte? Youtube (9')
  • O governo peruano avisou Paul McAuley, religioso britânico radicado há 20 anos no país, que abandonasse o Peru por ter violado as leis nacionais. Quais? Ter, enquanto activista da Rede Ambientalista Loretana, defendido o bom uso dos recursos naturais da Amazónia peruana. Globo Amazónia.
  • O Presidente Lula da Silva anunciou a assinatura de um acordo para produzir biocombustíveis no Quénia. “O Brasil tem expertize de anos de experiência. O Quênia tem terra e disposição de produzir combustível limpo para a gente poder vender para os países ricos que, a partir de 2020, terão que colocar 10% de etanol na gasolina dos seus carros”, disse Lula. Africa21.
  • A Greenpeace acusa uma das maiores empresas de papel da Indonésia, a Asia Pulp and Paper Co, de destruir duas florestas tropicais da ilha de Sumatra e colocar em risco a sobrevivência de tigres e orangotangos. Earth Times.
Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar
partilhar
Terça-feira, 15 de Junho de 2010
Maré Negra = 9/11?

  • Foi aprovada a primeira área protegida privada em Portugal. Em Faia Brava, Figueira de Castelo Rodrigo. Lusa/Google.
  • Lanzarote vai produzir biodiesel. Ambientum. Será Saramago sócio do negócio?
  • Activistas da Greenpeace invadiram a central nuclear sueca de Forsmark, ao norte de Estocolmo. Objectivo: chamar a atenção para a necessidade de mais fundos para as renováveis e persuadir os deputados a votar contra planos de mais investimentos nas nucleares. Earth Times.
  • Obama compara maré negra a um 11 de Setrembro ecológico. O Guardian já lançou uma sondagem...
  • 100 operadores telefónicos contratados pela BP fazem cair em saco roto as dúvidas e preocupações colocadas por milhares de cidadãos. “Somos uma espécie de almofada para eles não chegarem aos altos responsáveis”, admitiu uma operadorade Houston, Texas. KHOU.
  • A BP levou a cabo medidas para reduzir custos nas semanas que antecederam a explosão da sua plataforma no Golfo do México enquanto os problemas se sucediam, a ponto de o engenheiro Brian Morel descrever a situação como um “poço de pesadelo” num email enviado em 14 de Abril. AP/Huffington Post.
  • Durante uma reunião, executivos da BP derramam café na mesa. Vejam como os britânicos gozam com a a estratégia da patrolífera no Golfo. Youtube (2:45)
  • Arte anti-BP. No Huffington Post.
  • Prostitutas e subornos foram usados pelo governo japonês para ganhar o apoio de vários países, numa tentativa de aligeirar a moratória sobre a caça à baleia, revela o Sunday Times. Sunday Times.
Publicado por OLima às 00:06
Link da posta | Comentar
partilhar
Quarta-feira, 10 de Março de 2010
30% não cumprem regras dos resíduos

Rio Tâmega, em Cavez.

  • Um terço das empresas de tratamento de resíduos violam regras. Público.
  • Caso de polícia, em Aveiro, no parque do Cais da Fonte Nova. Quarto com vista para a cidade de Aveiro.
  • Campanha Bicicleta Silidária – ponha a sua bicicleta a andar. Durante Março, mande arranjar a sua bicicleta antiga ou danificada na Oficina Municipal da BUGA, em Aveiro. Após as reparações, as bicicletas serão vendidas num evento de solidariedade (a realizar no final de Abril), revertendo as receitas a favor de uma instituição de solidariedade social da cidade. Pormenores aqui e aqui.
  • O Parlamento Suíço aprovou o prolongamento por mais três anos da moratória contra o cultivo de transgénicos. Greenpeace.
  • A Comissão Europeia está a ser processada por várias organizações ambientalistas por sonegar documentos relacionados com o impacto ambiental dos biocombustíveis produzidos a partir de plantas. Earth Times.
  • Israel vai anunciar a implantação da sua terceira central nuclear, numa parceria com a Jordânia e com a França. Israel já tem duas cnetrais: uma perto da capital Tel Aviv e a de Dimona, onde alegadamente têm sido fabricadas armas nucleares. BBC.
  • Uma plataforma de 16 cidades de 6 estados americanos (Kansas, Illinois, Indiana, Ohio, Missouri e Iowa) interpuseram uma acção judicial para obrigar a suiça Syngenta a abandonar o uso do herbicida atrazine, responsável pela contaminação de linhas de água e de redes de abastecimento de água ao domicílio naquelas cidades. Huffington Post.
  • O Parque Nacional de Yosemite - bom exemplo de interactividade. NYTimes.
  • O contrabando e o consumo de carne de baleia num restaurante de sushi perto do aeroporto de Sta Mónica, na Califórnia, foi registado e denunciado pela mesma equipa que realizou o documentário The Cove, vencedor de um óscar. NYTimes.
  • Insecticida biológico contra a dengue foi criado no Brasil. Africa21.
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2010
Monsanto manipulou dados científicos

Esta Tamarix é mesmo resistente. Se vissem quantas rodas a calcam diariamente, ficariam pasmados. Os condutores de Espinho e arredores não o fazem por menos. Irra.

  • A ilha das Flores pode ser abastecida a 100% por energias renováveis durante muitos dias do ano, garante o director regional de Energia, Cabral Vieira. Refira-se que em Outubro de 2009, a ilha das Flores foi abastecida durante 12 dias apenas com recurso a energias renováveis, situação inédita no país. Lusa / AO.
  • A Câmara Municipal de Amarante, aprovou, por unanimidade, uma moção contra a barragem de Fridão.
  • Os Ecologistas en Acción manifestaram-se contra projecto europeu de produção de óleo de palma utilizando o truque de chamar florestas a plantações de palmeiras e hipocritamente manipulando legislação que impede a destruição das florestas do planeta.
  • Em Cuiabá, a Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado (Aprosoja) prepara acção judicial contra a gigante dos transgénicos Monsanto. A Aprosoja quer saber se os valores pagos em royalties pelos sojicultores são devidos. “Queremos saber que tipo de patente que está gerando esta cobrança, pois dependendo da patente, a empresa não tem direito de cobrar nada. Precisamos saber também o período de validade da patente”, explica o presidente da Aprosoja, Glauber Silveira. Diário de Cuiabá.
  • A Índia introduziu uma moratória na beringela transgénica após vaga de protestos por parte de cientistas, agricultores e ambientalistas. India Blooms.
  • O ex-director administrativo da Monsanto Índia, Tiruvadi Jagadisan, revelou que a empresa falsificou dados científicos para obter aprovações comerciais para os seus produtos na Índia. India Today.
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010
Aumento político da electricidade
  • O aumento de 2,9% da tarifa eléctrica deve-se a decisões políticas, não de regulação, esclarece Vitor Santos, da ERSE. Público.
  • A Espanha e a Jordânia assinaram um acordo de cooperação nuclear e que envolve a dessalinização de água e a produção de energia. A Jordânia já celebrou acordos idênticos com a França, a china, a Coreia do Sul, o Canadá, a Rússia, o Reino Unido e a Argentina. Earth Times.
  • A primeira central energética a etanol foi inaugurada no Brazil.
  • Ao fotógrafo José Luis Rodriguez, vencedor do prémio melhor foto da vida selvagem do Museu Natural de História, foi retirado o prémio por alegada encenação da fotografia vencedora com um lobo domesticado a saltar uma barreira. The Guardian.
  • Natureza ao pé da porta, por Bernardino Guimarães, Peregrino.
Publicado por OLima às 00:45
Link da posta | Comentar
partilhar
Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009
Compostagem de fezes ganha adeptos

  • O Rwanda assinou um contrato com a americana Eco Fuel Global e a britânica Eco Positive para a produção de biocombustível a partir de Jatrofa curcas. Individual.
  • O primeiro ministro da Papua Nova Guiné viajou para Copenhagen no seu jacto privado para negociar a protecção das florestas do país em troco de créditos de carbono. Mas deixou atrás uma longa lista de políticas de corrupção, violação dos direitos humanos e destruição de florestas em Ramu, Madang. Rain Forest Portal.
  • O actor americano Jason Biggs está a patrocinar a defesa do gorila-das-montanhas, uma espécie ameaçada. AllAfrica.
  • Fazer a compostagem das fezes humanas está a ganhar adeptos nos EUA. É que, enquanto o tratamento dos efluentes exige muita energia, a sua compostagem apenas precisa de pouco mais do que tempo (cerca de um ano) para se decompor totalmente e eliminar os agentes patogénicos. Time.
Publicado por OLima às 00:46
Link da posta | Comentar
partilhar
Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009
Olho nos resíduos
  • O Governo de José Sócrates está a apertar o cerco a empresas de tratamento de resíduos. As práticas inadequadas que vão estar sob controlo serão o armazenamento inadequado de resíduos, a recepção de resíduos para tratamento que são inadequadamente tratados. TSF.
  • A Quercus quer que sejam proibidos novos parques eólicos no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros devido aos seus impactos, admitindo que pode estar comprometido o estatuto de área protegida. O Mirante.
  • A Holanda protege a sua linha de costa de Monster erguendo mais dunas numa extensão de 20 Km. The Independent.
  • A Noruega assinou um protocolo para a protecção de florestas na Guiana. ENS.
  • A Bulgária levou um puxão de orelhas da comissão Europeia devido à ineficácia na resolução dos problemas do aterro de Sudohol nos arredores de Sofia. EDIE.
  • A Comissão de Energia da Califórnia aprovou por unanimidade leis que vão, na prática, banir os televisores de plasma devido ao seu alto consumo de energia. Reuters.
  • Jose Bellini, director da EMBRAPA, foi a Maputo dizer que as petrolíferas é que defendem que os biocombustíveis ameaçam a segurança alimentar. All Africa.
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Terça-feira, 15 de Setembro de 2009
Minho com 7 campos de golfe?


Araucárias na praia de São Lourenço, Santa Maria-Açores.

  • O Minho vai investir milhões em sete campos de golfe. Apresentado como um plano para transformar o Minho numa espécie de Escócia portuguesa, o empreendimento envolve 3 comunidades intermunicipais, 24 autarquias e 400 promotores privados, que querem mudar radicalmente a imagem de ruralidade da região e transformá-la num território competitivo. DN. E ainda não falaram nas famigeradas acessibilidades. Nem em PDMs, habilidades e especulações daí decorrentes. Aliás, interrogo-me se as barragens anunciadas não serão em parte para esta empreitada.
  • Camião derramou 20 mil litros de lixivia na rotunda que liga a IC-13 à EN 118, junto a Portalegre. CM.
  • A Nestlé e a Unilever financiam ONGs para difamar os biocombustíveis, denuncia Robert Vierhout, secretário geral da European Bioethanol Fuel Association.
Publicado por OLima às 00:03
Link da posta | Comentar
partilhar
Sexta-feira, 4 de Setembro de 2009
Crianças e jovens separam mais e melhor


Esta pedra fantástica, nas traseiras da capela de Nossa Senhora de Fátima no Alto das Feteiras, na Ilha de Santa Maria, ajuda a separá-la de pastos onde ruminam manadas. Faria furor em qualquer museu. E ainda dizem que Santa Maria é pobre. Este mundo anda mesmo de pernas para o ar...

  • A partir do final de 2010, a frota da Câmara Municipal de Ponta Delgada passará a ser abastecida por biodiesel. A autarquia vai também avançar com o projecto de monitorização da poluição na cidade e dos seus efeitos nas pessoas, através de um protocolo com a Universidade dos Açores, anunciou Berta Cabral.
  • Os lares com crianças e jovens são os que separam mais e melhor o lixo para reciclar, revela Mário Raposo, director de marketing da Sociedade Ponto Verde.  AO.
  • A Universidade de Aveiro apresentou um Programa de Eficiência Energética que vai permitir poupar cerca de 300 mil euros por ano na componente energética. O plano prevê a instalação de painéis solares, térmicos e fotovoltaicos, a captação de águas internas para redes de rega e bocas de incêndio e a desactivação automática de equipamentos, em períodos temporais considerados mortos. Diário Digital / Lusa.
  • A Assembleia Municipal de Vila Franca de Xira aprovou por unanimidade uma recomendação ao Governo, Câmara Municipal e empresa Valorsul contra as lixeiras no concelho. Os deputados municipais querem que seja criado um espaço próprio subdividido para despejo de lixos enquanto estes forem transportados para o aterro de Mato da Cruz, na freguesia da Calhandriz. O Mirante.
  • A Escola Primária e Jardim de Infância de Anta, Espinho, foi palco de pequenos incêndios nas ervas que proliferam nos seus recreios. As duas corporações de bombeiros locais resolveram o problema. A Junta de Freguesia mandou limpar uma tira do espaço, tendo deixado o restante cheio de silvas e erva seca, escreve o Defesa de Espinho de 3 de Setembro.
  • “Com uma vista privilegiada para o mar, uma moradora da rua 4 só vê à sua frente uma montanha de lixo acumulada nas traseiras da casa vizinha, abandonada há vários anos. A Câmara e o Delegado de Saúde já foram alertados mas tudo continua na mesma, revela o Defesa de Espinho de 3 de Setembro.
  • O novo plano de ordenamento do Parque Natural da Ria Formosa impõe restrições ao acesso de pessoas na ilha da Barreta e sapais adjacentes, nos sapais dos Cações e dos Gemidos, na ilha da Armona (entre a Armona e a Fuzeta), e na ilha de Tavira (entre a barra da Fuzeta e a Terra Estreita, com excepção de um canal de acesso à praia do Barril e área edificada adjacente). Correio da Manhã.
Publicado por OLima às 21:41
Link da posta | Comentar
partilhar
Sexta-feira, 14 de Agosto de 2009
Reflexão

Um novo tipo de colonialismo avassala o mundo, com os ricos a tomarem posse de terras em países pobres e famintos para produzirem alimentos de que necessitam em troca de alegados empregos e investimentos em infraestruturas, escreve o The Independent,  de Domingo, 9 de Agosto. Tudo através de acordos secretos com os governos locais. A multinacional sul-coreana Daewoo, que adquiriu meia Bélgica no Madagascar, é apenas uma de 100 casos que aconteceram nestes últimos 12 meses. A situação é tão grave que Jacques Diouf,  da FAO, já alertou os líderes mundiais para este sistema neocolonislista. É que países do Golfo como a Arábia Saudita, o Bahrain, o Kuwait, Oman e Qatar não páram de adquirir terras no Brasil, na Rússia, no Casaquistão, na Ucrânia, no Egipto, na Etiópia, nos Camarões, no Uganda, na Zâmbia e no Cambodja. A China, a Coreiado Sul e a Índia têm comprado terras na Etiópia e no Quénia. Empresas britânicas, americanas e alemãs como a Flora Ecopower compraram terras na Tanzania e na Etiópia para produzirem biocombustíveis. Uma empresa norieguesa arroga-se o direito de abater enormes manchas florestais no Gana para cultivar jatrofa como biocombustível. E que dizer do acordo entre Moçambique e a China, que envolve o povoamento de 10.000 chineses em troca de ajuda militar.
Imagine que a China, após negociações com um governo português ávido de dinheiro para cobrir a crise, comprava o Alentejo e colonizava-o com trabalhadores chineses, transformando o território num imenso campo de arroz e que enviava toda essa produção de arroz, durante 100 anos, para a China. Imagine que os portugueses, os media, de nada sabiam, que se contentavam com alegadas promessas de melhoramentos em estradas e empregos. Como se sentiria? Que dirão opinadores como António Vitorino, Luís Delgado, Pacheco Pereira, Miguel Sousa Tavares e quejandos?

Publicado por OLima às 00:02
Link da posta | Comentar | Ver comentários (3)
partilhar
Pesquisar neste blog
 
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons

Join the Blue Ribbon Online Free Speech Campaign
Join the Blue Ribbon Online Free Speech Campaign!

IBSN: Internet Blog Serial Number 2004-01-04-00
Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno  Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo
Best Green Blogs